Conceitos Teóricos e o Método de Planejamento e Gestão Estratégica de Cadeias Produtivas

0
7

A questão da racionalidade é tratada no referencial da ECT, principal­mente com relação à limitação dos indivíduos em prever todas as futu­ras condições em um relacionamento (contrato) (WILLIAMSON, 1985; RINDFLEISCH; HEIDE, 1997).

Williamson (1985, p. 234) define o oportunismo como “a busca do auto- interesse com avidez”, ou seja, em muitas situações as empresas tenderão a explorar situações em sua vantagem.

A incerteza é tratada na economia dos custos de transação como os distúrbios exógenos que afetam as transações (ZYLBERSZTAJN, 1996). Segundo Farina et ai. (1997), a incerteza tem como principal papel a ampliação das lacunas que um contrato não pode cobrir.

Dentro dessa ótica, os arranjos contratuais resolvem alguns problemas de coordenação, mas criam outros. Por definição, os contratos são mecanismos que regulam as transações, e são usados para reduzir riscos e incertezas em processos de troca (MACNEIL, 1974; LUSCH; BROWN, 1996). No entanto, os contratos são por natureza incompletos e, por isso, devem ser passíveis de ajustes e melhorias. Por fim, não se pode esquecer o papel das instituições. Elas não são neutras. Afetam a organização da atividade econômica e afetam os sistemas produtivos.

Fonte: Estratégias para o Leite no Brasil – Editora Atlas S.A – Coordenadores: Matheus Alberto Cônsoli, Marcos Fava Neves

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here