Confira a proporção correta para a produção de alimento do gado leiteiro

0
27
Revista globo rural

A adição da ureia reduz os custos da produção, diminuindo a quantidade de farelo de soja utilizado

Publicado em 17/05/2019

Como fazer ração para vacas de leite utilizando 150 quilos de fubá e 50 quilos de soja? Qual a quantidade de ureia e sal mineral que devo usar?
Tiago Cesar de Oliveira, via Facebook.

A formulação de suplemento concentrado para vacas em lactação deve considerar as necessidades nutricionais do rebanho, que estão diretamente relacionadas ao peso dos animais, à produção de leite, ao estágio de lactação e à raça (composição genética). Também é importante levar em conta o valor nutritivo do volumoso, e o preço e a disponibilidade dos ingredientes que serão utilizados na elaboração do produto.

A adição do sal mineral deve ser realizada de acordo com a recomendação do fabricante, o que, comumente, varia de 3% a 4%. No caso da ureia pecuária, indica-se 2% de inclusão para a formulação de um concentrado contendo 150 quilos de fubá e 50 quilos de farelo de soja, que resulta em uma mistura com cerca de 17% a 18% de proteína bruta (PB).

O uso de ureia tem a função de diminuir o volume de farelo de soja, que, em geral, é o ingrediente mais caro, mantendo o nível de PB na mistura. Por exemplo, são necessários 68,8 quilos de milho moído, 27,2 quilos de farelo de soja e 4 quilos de sal mineral vitamínico para formulação com 18% de PB em 100 quilos de mistura. Mas se acrescentar no mesmo concentrado 1,5 quilo de ureia, mantenha em 4 quilos o sal mineral vitamínico, porém aumente o milho moído para 78,1 quilos e reduza o farelo de soja para 16,4 quilos.

Consultores: Mirton Morenz e Fernando César Lopes, pesquisador e analista da Embrapa Gado de Leite. Rua Eugênio do Nascimento, 610. Dom Bosco, Juiz de Fora (MG). CEP: 36038-330, Tel: (32) 3311-7400. www.embrapa.br/fale-conosco

Fonte Revista Globo Rural