VIII Simpósio de Pesquisa dos Cafés do Brasil tem programação variada

0
1

20/11/2013

A uma semana do maior evento da cafeicultura brasileira, o VIII Simpósio de Pesquisa dos Cafés do Brasil – a ser realizado de 25 a 28 de novembro, no Fiesta Bahia Hotel, em Salvador, BA – destaca-se a variedade de temas que serão debatidos a partir do tema central do evento: “Pesquisa cafeeira: sustentabilidade e inclusão social”. A conferência de abertura, a ser ministrada pelo secretário da agricultura da Bahia, Eduardo Salles, é intitulada “A atividade cafeeira como sustentabilidade e inclusão social”. O evento é uma realização do Consórcio Pesquisa Café, cujo programa de pesquisa é coordenado pela Embrapa Café. Confira a programação completainscreva-se.

Palestras

Os temas da palestra do primeiro dia do Simpósio é “Avanços e desafios do Consórcio Pesquisa Café”, cujo palestrante será o diretor-presidente do Instituto Agronômico do Paraná – Iapar, Florindo Dalberto. No segundo dia, será “Tendências de consumo e novas oportunidades para os cafés do Brasil”, a ser debatida com foco no mercado interno pelo professor da Universidade Federal de Lavras – Ufla Luiz Gonzaga de Castro Júnior e com foco externo pelo diretor-geral do Conselho dos Exportadores de Café do Brasil – Cecafé, Guilherme Braga. No terceiro e último dia, o tema da palestra será “Tecnologias aplicadas à sustentabilidade da cafeicultura”, cuja abordagem com foco em Coffea arabica será conduzida pelo pesquisador da Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais – EpamigGladyston Carvalho e com foco em Coffea canephora, pelo pesquisador do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural – Incaper Romário Gava Ferrão.

Oficinas

Serão quatro: a oficina do primeiro dia será sobre “Etapas para a certificação” vai ter como coordenador Julian Carvalho, coordenador do Programa Certifica Minas Café da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais – Emater-MG, e como relator o fiscal federal agropecuário da Coordenação de Produção Integrada da Cadeia Agrícola do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento – Mapa, Marcus Vinícius de Miranda Martins. No segundo dia, haverá duas: uma sobre “Idenficação Geográfica”, que terá como coordenadora a pesquisadora da Embrapa Café na Epamig Helena Ramos Alves e, como relator, o pesquisador Flávio Meira Borém, da Ufla e a segunda, a ser coordenada pelo pesquisador da Epamig José Mário Lobo Ferreira, sobre “Avaliação da sustentabilidade na propriedade rural”, cujo relator será o consultor do Ministério do Desenvolvimento Agrário – MDA Victor Rossi. No terceiro e último dia será abordado “Manejo e conservação do solo e da água para a cafeicultura”, com coordenação do pesquisador do Iapar Julio Cesar Dias Chaves e relatoria do diretor técnico e científico do Iapar, Armando Androciolli Filho.

Minicursos

Serão oito os temas em estudo: “Melhoria da qualidade e agregação de valor do café arábica”, a ser ministrado pelo professor da Ufla Flávio Borém; “Melhoria da qualidade e agregação de valor do café conilon”, a ser ministrado pelo pesquisador da Embrapa Café no Incaper Aymbiré Fonseca; “Avanços na nutrição para o café conilon”, pelo pesquisador do Incaper André Guarçoni; “Avanços na nutrição para o café arábica”, pelo consultor técnico e cafeicultor Guy Carvalho; “Mecanização com derriçadoras portáteis”, pelo professor da Ufla Antônio Donizette; “Sistemas agroflorestais e orgânicos”, pelo pesquisador da Epamig Paulo César de Lima; “Manejo fitossanitário do cafeeiro”, pelo professor da Ufla Edson Pozza; e “Noções sobre classificação de cafés”, pela professora da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia – Uesb Sandra Elizabeth de Souza.

Mesas-redondas

Quatro mesas-redondas irão esquentar ainda mais as discussões a serem tratadas no VIII Simpósio de Pesquisa dos Cafés do Brasil. Uma delas irá abordar “Estado da arte da cafeicultura familiar no Brasil”, e terá como coordenador Paulo Roberto Santos, reitor e professor da Uesb, além dos debatedores Argileu Martins da Silva, do Ministério do Desenvolvimento Agrário – MDA; Elio Cruz de Brito, da Associação Hanns R. Neumann Stiftung do Brasil; e Cláudio Baquião Filho, do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sul de Minas – Ifsuldeminas. Outro tema de debate será “Cultivares de café”, com a coordenação do professor Antônio Nazareno Mendes, da Ufla e debate pelos pesquisadores Antônio Alves Pereira, da Epamig; Luiz Carlos Fazuoli, do Instituto Agronômico – IAC, e Tumoru Sera, do Iapar. Também está na pauta das discussões “Mecanização”, que terá como coordenador o professor Antonio Donizette de Oliveira, da Ufla e os debatedores Mauri Martins Teixeira, da Universidade Federal de Viçosa – UFV; José Antônio Lani, do Incaper; e Enrique Anastácio Alves, da Embrapa Rondônia. A quarta mesa-redonda vai tratar de “Irrigação’. Será coordenador o pesquisador Antônio Fernando Guerra, da Embrapa Café, e debatedores os professores Hugo Andrade Costa, da Uesb, e André Luís Teixeira Fernandes, da Universidade de Uberaba –Uniube, e o consultor técnico Rafael Donizete Ferreira.

Inscrições antecipadas para as oficinas e minicursos

Para realizar a inscrição nas oficinas e minicursos, é necessário ter realizado a inscrição pelo site do evento, digitar login e senha e acessar o link INSCREVA-SE AQUI no fim da página disponível na página de Evento/Inscrições. Ao final da página, clicar em INSCREVA-SE AQUI.

A importância do evento

Os Simpósios de Pesquisa dos Cafés do Brasil já fazem parte da agenda brasileira de desenvolvimento científico e tecnológico desde 2000, quando foi realizado a primeira edição do evento. O principal objetivo do Simpósio é promover ampla discussão da comunidade científica com os diversos setores da cadeia produtiva do café para garantir o aumento da competitividade, melhoria da qualidade do produto e a sustentabilidade do setor cafeeiro. Em ordem decrescente, em 2011, o evento foi realizado em Araxá-MG; em 2009, em Vitória-ES; em 2007, em Águas de Lindóia-SP; em 2005, em Londrina-PR; em 2003, em Porto Seguro-BA; em 2001, em Vitória-ES; em 2000, em Poços de Caldas-MG.

Apoio

Esta edição conta com o apoio do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento – Mapa (Fundo de Defesa da Economia Cafeeira – Funcafé), Secretaria da Agricultura, Pecuária, Irrigação, Reforma Agrária, Pesca e Aquicultura –Seagri-BA, Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola – EBDA, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia – UESB e as demais entidades consorciadas fundadoras: Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – Embrapa, Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais – Epamig, Instituto Agronômico –IAC, Instituto Agronômico do Paraná – Iapar, Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural – Incaper, Empresa de Pesquisa Agropecuária do Estado do Rio de Janeiro – Pesagro-Rio, Universidade Federal de Lavras – Ufla e Universidade Federal de Viçosa – UFV.

 

Inscrições e mais informações aqui.

Flávia Bessa – jornalista (MTb 4469/DF)
Embrapa Sede
Email: flavia.bessa@embrapa.br
Tel.: (61) 3448-1927/1979

Fonte: Embrapa