Variação do clima pode trazer doenças ao café

0
2
26/10/11 – 11:35
Segundo o especialista José Braz Matiello, a ferrugem preocupa, mas a cercosporiose é a principal enfermidade dos cafezais paranaenses

A variação do clima pode originar enfermidades ao café. O pesquisador do Ministério da Agricultura, José Braz Matiello, afirma que uma das doenças que exigem mais atenção é a ferrugem, que pode reduzir de 20% a 50% a produtividade se não tratada de acordo. Esse mal ataca mais em anos de carga alta, principalmente quando há bastante incidência de chuva.

A ferrugem também é mais comum no sistema adensado e superadensado, em que a umidade é maior que em plantios normais. O controle da doença deve ser efetuado via foliar com fungicidas, podendo também ocorrer via solo, que é mais eficiente. “Os prejuízos causados pela ferrugem são a desfolha prematura, bem como a seca dos ramos laterais e a floração. A produção é mais afetada no ano seguinte”, explica Matiello, acrescentando que a variedade Icatu tem apresentado mais resistência.

CERCÓSPORA – Segundo o pesquisador, a cercosporiose é o principal problema dos cafezais paranaenses. Está diretamente relacionada ao calor, nutrição das plantas (falta de nitrogênio), excesso de insolação, falta de água e queda na temperatura. A doença provoca a queda prematura dos frutos e maturação acelerada, que aumenta o número de grãos chochos e mal formados. O controle também é feito com fungicidas via foliar.

A doença apresenta manchas circulares de coloração marrom escura, com uma lesão cinza claro no centro e anel amarelado ou roxo em volta.

 

Fonte: http://www.agrolink.com.br/sementes/noticia/variacao-do-clima-pode-trazer-doencas-ao-cafe_138348.html

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here