Raças de Ovinos Produtores de Lã Criados no Brasil

0
1986

Produtoras de lã

Originária da Espanha difundido por muitos países, onde foram surgindo diversas variedades, sendo que no Brasil o mais encontrado hoje é o Merino Australiano; outros merinos são o Negretti e Electoral, da Alemanha; Rambouillet e Precoce, da França; Americano (Delaine, Vermont e Rambouillet) nos E.U.A; Argentino e Húngaro; Booroola, também da Austrália. Todas elas são para a produção de lã, exceto o Precoce (carne). A classificação comercial da lã vai de Merina a Prima A (boa qualidade); o peso do velo em carneiros puros varia de 8 a 12 kg (em rebanhos gerais vai de 3,5 a 5 kg). O peso vai de 50 a 90 kg, podendo chegar a 130 kg no Precoce. Corpo sem rugas, a não ser três amplas rugas na frente, excelente comprimento de mecha (5 a 10 cm), suarda fluida, de coloração clara, velo, uniforme, lã extremamente suave ao tato, cara destapada, mucosas róseas e cascos brancos. Prefere clima seco e campos enxutos, com condições de abrigo. Em todas as variedades, com exceção da Eleitoral, as ovelhas são mochas, e os carneiros têm chifres em espiral afastados da cabeça.

Polwarth ou Ideal

Originário do Sul da Austrália, a raça foi obtida pelo cruzamento de carneiros da raça inglesa Lincoln com ovelhas Merino. A media de produção de lã é de 3 a 4 kg, velo uniforme, uma ruga na frente (avental); adapta-se bem a pastagens pobres, produz bons cordeiros para o abate, raça rústica e prolífica. Vivem em pequenos grupos dentro dos rebanhos. Mocho, com topete, cascos brancos com estrias negras, focinho róseo; lã branca e suave. Produtoras de lã e carne (mistas)

Lincoln

Origem no Condado de Lincoln, na Inglaterra Produz o tipo mais comprido de lã e boa carne; é exigente quanto à alimentação, não se desenvolvendo bem em criações extensivas. O carneiro adulto pesa em média 150 kg e a fêmea 120 kg; os cordeiros alcançam até 35 kg aos 4 meses, quando bem alimentados. Velo pesa, em média, 5 a 6 kg.

Romney marsh (kent)

Originária do Condado de Kent, na Inglaterra, é a raça mais criada na Nova Zelândia. Resistente aos campos úmidos (marsh), é uma raça bastante rústica. Boa produtividade para lã e carne, alcançando peso de 60 a 70 kg nas fêmeas e 80 a 90 kg em machos castrados. Produz cordeiros precoces, de alto peso com poucos meses. Focinho negro, sem rugas, lábios pigmentados e cascos negros. Mocho, com topete; velo denso com 4 kg de lã em média. Muito difundida no Rio Grande do Sul .

Melhor raça de dupla aptidão, criada na Nova Zelândia, por cruzamento da raça Merino com Lincoln Rústico, produz excelente carne e lã bastante uniforme. Peso do velo ente 3,5 e 4 kg. Utilizada também para o melhoramento de outras raças.

Merilin

Originária do Merino e Lincoln, selecionada para produção de cordeiros para abate, com lã de ótima qualidade. Mocho, focinho escuro, cascos geralmente são negros. Produtoras de carne.

Southdown

Uma das mais famosas raças britânicas, cujo melhoramento foi obtido no fim do século XVIII, para carne e lã. Os machos pesam de 80 a 100 kg e as fêmeas de 60 a 70 kg e cordeiros alcançam 20 a 25 kg aos 3 meses. O velo rende 1,8 a 2,5 kg por tosquia com valor comercial baixo.

Origem em cruzamentos de ovelhas de cara negra e chifruda da antiga raça Norfolk com carneiros Southdown, possui cabeça, orelhas, e cascos negros. A lã rende até 2 kg por tosquia, carne magra. A ovelha pesa em média 80 kg e o carneiro 100 kg.

Hampshire

Mocha, de cara negra e casco escuro, rústica, resistente ao frio. Vivem em rebanhos gregários.

Shropshire

Mocha, manchas negras ao redor dos olhos, cara recoberta de lã branca e fina, cascos negros, velo com manchas negras e pardas; carne muito saborosa, cordeiros precoces.

Oxforshire (ou Oxfordown)

Originária do cruzamento entre ovelhas Hampshire e carneiros Costwolo; robusta e precoce, com lã mais comprida que todos os outros “caras negras”, Cordeiros pesam 21 kg aos três meses e 80-90 kg adultos.
Produtoras de leite

Bergamasca

Originária do Norte da Itália, rústica, pouco exigente. O macho pesa 120 kg e a fêmea 80 kg. A lã é de qualidade inferior e rende cerca de 3 kg por tosquia. Cordeiros pesam 12 kg com um mês de idade. A ovelha costuma ter partos duplos e produz, em média, 250 kg de leite em 6 meses de lactação, utilizado para a produção e queijos Gorgonzola.

Lacaune

Raça considerada mista, porque produz também boa carne. Branca produz cerca de 1,5 litro/dia e cerca de 2 kg lã/ano; ovelha pesa cerca de 60 kg e carneiro 90 kg.

Comisana

Originária da Itália, chamado de “cara rosa”, produz cerca de 1,7 litros/ dia, cerca de 1,5 kg lã/ ano; bastante rústica, Cordeiros pesam 30-35 kg aos 3 meses. Produtoras de peles.

Carakul

Originária da Bucária, no Turquestão russo, rústica e de tamanho médio, pesando de 50 a 75 kg, é conhecida pela pele dos cordeiros (Breitschwanz, Astracã e Persiana). A lã do cordeiro recém-nascido é encrespada e sedosa, bem negra formando rolos firmes. A lã do adulto dá 2 a 4 kg.

Rústicas Crioula

De origem ibérica, sem padrão definido, são rústicos, pequenos, de velo ralo, com fibras longas e lisas. Branca, preta ou marrom. Quando branca, pode ter manchas coloridas. Lã de qualidade inferior, de 10 a 30 cm, mais empregada como pelego. O velo dá 1 a 2 kg por tosquia.

Somalis Brasileira

Originária da Ásia Central, porte médio, pouquíssima lã, boa carne; machos ente 40 -60 kg, fêmeas ente 30-50 kg, boa pele (pelica). Cabeça e pescoço negros, mochos, cauda gorda.

Deslanados do Nordeste

Originários dos carneiros Bordaleiros Churros portugueses, introduzidos no Brasil com os colonizadores e descritos pela primeira vez no município de Morada Nova. Tem pelagem curta, adaptada ao ambiente nordestino, e produz peles e carne. Pelagem vermelha (MN, SI), branca, preta ou chitada (SI), ponta da cauda branca pele escura, recoberta de pelos curtos e lisos, mucosas e cascos escuros utilizado como produtor de carne, leite e pele. Utilizados em cruzamento com outras raças, produzem bons cordeiros para o abate. As variedades Morada Nova e Santa Inês são consideradas como raças, sendo que esta última foi obtida pelo cruzamento ente ovelhas Morada Nova e Crioula com carneiros da raça Bergamasca.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here