Projeto mostra importância da cadeia produtiva da cana em MT

0
24

A segunda edição do Estudo Municípios Canavieiros chega à cidade de Cuiabá, no dia 12 de setembro

Diário de Cuiabá

 

Nesta fase o programa atenderá professores e alunos de 1,6 mil escolas e suas respectivas comunidades, para atender a procura de novas regiões interessadas em participar da iniciativa. O trabalho é uma iniciativa do Projeto Agora, principal ação de comunicação institucional integrada do agronegócio brasileiro, com a participação de 11 entidades e oito empresas.

Este ano, cidades localizadas na região Nordeste – Alagoas, Pernambuco e Paraíba – também receberão as oficinas de formação de professores, além de São Paulo, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais e Paraná. Em Cuiabá, a oficina será realizada na Secretaria Municipal de Educação, Rua Diogo Domingos Ferreira, 292, Bairro Bandeirantes.

“O grande êxito que tivemos na edição anterior fez com que todos os integrantes do Projeto Agora propusessem uma nova fase do Estudo, cuja abrangência neste momento é maior, mas sem perder sua essência, que é disseminar conhecimento sobre a cadeia produtiva da cana-de-açúcar e o setor sucronergético,” afirma Piero Parini, presidente do Sindicato das Indústrias Sucroalcooleiras do Estado de Mato Grosso (Sindalcool/MT), uma das entidades que compõem o Projeto Agora.

O material pedagógico do Estudo é desenvolvido pela Editora Horizonte por meio de sua divisão educacional, e as atividades são implantadas em parceria com as Secretarias de Educação estaduais e municipais. Em 2011, o material didático foi renovado e atualizado, com a inclusão do tema Biotecnologia.

MATO GROSSO – No Estado são 11 unidades produtoras responsáveis pela produção de 13,9 milhões de toneladas de cana-de-açúcar, 880 milhões de litros de etanol e 428 mil toneladas de açúcar, gerando mais de 15 mil empregos diretos.

 

Fonte: http://www.portaldoagronegocio.com.br/conteudo.php?tit=projeto_mostra_importancia_da_cadeia_produtiva_da_cana_em_mt&id=62095

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here