Produtores de leite organizam protesto por falta de energia elétrica

0
5
suju (CC0), Pixabay

14/02/2019

Produtores em Goiás querem  melhorias da empresa responsável pela prestação do serviço

Produtores do município de Iporá (GO) realizarão um protesto na próxima sexta-feira, 15, às 10h, em frente ao escritório da Enel para cobrar melhorias no fornecimento de energia elétrica. O presidente do Sindicato Rural de Iporá, Adailto Antônio Leite, relata que todos os Sindicatos Rurais do Oeste de Goiás e produtores do município e da região se manifestarão em prol do segmento.

Na ocasião serão distribuídos 10 mil de litros de leite à população e, às 12h, terá um almoço na rua. O presidente da Faeg, José Mário Schreiner (DEM), se reuniu no dia 7 com o presidente da Enel Distribuição Goiás, Abel Rochinha, e membros da diretoria da companhia, ressaltando que, nos últimos anos, os goianos sofreram com a piora no serviço, principalmente na zona rural.

Segundo o presidente, os relatos de quem mora no interior, seja no campo ou cidade, são graves. “Em todo o Estado, produtores de leite e de frango estão perdendo suas produções. Pequenos comerciantes estão com seus produtos estragando, famílias tendo prejuízos,” disse. No final de janeiro ele já havia cobrado resposta referente à situação, pois membros da Faeg estiveram na sede da empresa buscando soluções para as constantes quedas de energia elétrica.

O próximo encontro, definido pela Faeg, acontecerá no dia 22 de fevereiro, com autoridades do Estado e a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), visando melhorias, momento em que será feito um balanço junto à Enel para que as demandas dos produtores rurais sejam realmente atendidas.

Serviço

Pauta: Protesto dos produtores de leite pela melhoria da energia elétrica

Data: 15 de fevereiro (sexta-feira)

Horário: 10h

Local: Em frente ao Escritório da Enel de Iporá (Av. Rio Claro, Quadra 27, Lote 575, Centro, esquina com Rua Emerino Pereira)

Fontes para entrevistas: Presidente do Sindicato Rural de Iporá, Adailto Antônio Leite, e produtores rurais

 

Fonte: FAEG