Problemas nos Cascos Bovinos

0
21

São várias as alterações encontradas nos cascos — feridas, desgastes anormais, crescimento excessivo das unhas e/ou de tecidos entre as unhas (gabarro), bicheiras etc. Essas alterações fazem com que os cascos se apresentem nas formas de chinelo, de tesoura ou encastelado.

O aparecimento de problemas nos cascos pode ser por lesões causadas pela febre aftosa, brocas, traumatismos, postura defeituosa do membro (defeito de aprumo) e podridão. A permanência dos animais por longo tempo em pisos ásperos (cimento) causa desgaste excessivo do casco, levando à formação de ferida de difícil recuperação.

É sempre bom estar alerta para os primeiros sintomas de apoio anormal do casco. Geralmente, aparece quando o animal começa a mancar. Por causa da dor, há uma mudança na posição de apoio, levando ao crescimento de uma unha ou das duas, ou ao desgaste excessivo.

O tratamento para esses casos é cirúrgico. Para corrigir as anormalidades, é preciso aparar os cascos, moldando a unha, o mais parecido possível com a outra unha normal, para que o animal volte a pisar corretamente. No caso de cascos com feridas, devem ser feitos limpeza e curativo, seguidos de enfaixamento do pé, no primeiro dia, para evitar hemorragia.

Animais com problemas no casco devem ser manejados em locais secos, que não acumulem água, evitando assim o agravamento dos problemas. Quando há barro ou matéria orgânica em excesso, o animal tem preferência por permanecer dentro dele e, em
conseqüência, há amolecimento do casco, maior facilidade de desgaste e dificuldade de cicatrização.

Uma das formas preventivas, de eficiência comprovada, principalmente em confinamento, é a utilização de pedilúvio, em que o animal precisa passar, molhando os cascos, pelo menos uma vez ao dia. Pode-se utilizar várias formulações para o pedilúvio. A Embrapa Gado de Leite usa a seguinte, com ótimos resultados:

Formulação para pedilúvio

5 litros de formol

5 kg de sulfato de cobre

quantidade de água suficiente para completar 100 litros

Fonte: Antônio Cândido de Cerqueira Leite Ribeiro – Embrapa Gado de Leite

http://www.cnpgl.embrapa.br/nova/informacoes/pastprod/textos/05Instrucao.pdf

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here