Preço pago pelo quilo do suíno vivo estabiliza no RS

0
2

20/11/2013

A Pesquisa Semanal da Cotação do Suíno, milho e farelo de soja no Rio Grande do Sul, realizada em (18.11), indicou o valor de R$ 3,76 no preço pago pelo quilo do suíno vivo no Rio Grande do Sul, permanecendo igual ao da semana anterior.

De acordo com o presidente da Associação de Criadores de Suínos do Rio Grande do Sul (ACSURS), Valdecir Luis Folador, o mercado indica estabilidade. “Isso ocorre devido a oferta de suínos ajustada para baixo com a demanda do mercado”, comenta Folador.

A pesquisa também apontou o preço do milho e farelo de soja. O preço do saco de milho baixou para R$ 25,88, ante R$ 25,90 da semana passada. Já o preço da tonelada do farelo de soja subiu para R$ 1.287,50 à vista (anterior: R$ 1.286,67) e para R$ 1.292,50 com 30dd de prazo (anterior: R$ 1.296,67), ambos no preço da indústria.

Suíno integrado

As agroindústrias e cooperativas apresentaram as seguintes cotações para o suíno integrado: Cotrel R$ 3,00; Cosuel/Dália Alimentos R$ 2,94; Cotrijuí R$ 2,90; Cooperativa Languiru R$ 2,95; Cooperativa Majestade R$ 2,90; Ouro do Sul R$ 3,25; Alibem R$ 2,95; BRF R$ 2,95; Seara R$ 2,90; e Pamplona R$ 2,95. A média da cotação agroindustrial ficou em R$ 2,97.

A Pesquisa Semanal da Cotação do Suíno, milho e farelo de soja no Rio Grande do Sul é feita pela ACSURS e pode ser conferida no site da entidade, o www.acsurs.com.br – guia MERCADO – MERCADO GAÚCHO.

Fonte: Acsurs