Preço da soja segue caindo nos EUA

0
20
1737576 (CC0), Pixabay

Clima mais favorável para a produção de soja nos EUA e na América do Sul e oferta maior

Publicado em 25/04/2019

O preço da soja na Bolsa de Cereais de Chicago registrou na quarta-feira (24.04) baixa de 6,75 pontos no contrato de Maio/19, fechando em US$ 8,5575 por bushel. Os demais vencimentos em destaque da commodity na CBOT também fecharam a sessão com desvalorizações de 6,75 pontos.

Os principais contratos futuros voltaram a cair no mercado norte-americano, pressionados pela retração no acordo entre Estados Unidos/China e a queda do Real brasileiro. “Clima mais favorável para a produção de soja nos EUA e na América do Sul e oferta maior pressionaram todo o complexo nesta quarta-feira”, aponta a T&F Consultoria Agroeconômica.

De acordo com a Consultoria AgResource, contradizendo a expectativa da especulação cambial no Brasil, o Real continuou em desvalorização na sessão de hoje, mesmo após aprovação da Proposta da Reforma da Previdência, na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ): “O principal ponto de pressão foi a liberação do relatório de empregos no Brasil, que trouxe o fechamento de 43mil vagas formais durante março, enquanto que a expectativa do Mercado era da criação de 79mil novos empregos”.

“Tais dados sinalizam a estagnação econômica no país, repelindo a entrada de capital estrangeiro no curto-prazo. Entretanto, com o direcional do Governo na tentativa de aprovação de medidas importantes para a contenção do déficit público, o câmbio brasileiro não deverá presenciar forte sustento para se manter próximo aos R$4,00. Mesmo com as altas recentes do câmbio, os preços de grãos físicos no Brasil caíram fortemente, precificando quedas consecutivas aqui na CBOT”, concluem os analistas da ARC.

Fonte AGROLINK