Novo fertilizante pode reduzir os níveis de nitratos

0
32
fertilizer , pixabay

“Acho que podemos ajudar a comunidade agrícola e reduzir a poluição ambiental através da nossa tecnologia”

Publicado em 21/05/2019

Pesquisadores da Universidade de Purdue, nos Estados Unidos, desenvolveram um fertilizante para tentar reduzir os níveis de nitratos em cursos de água. A solução consiste em uma nova versão da ureia, uma forma barata de fertilizante de nitrogênio, que é amplamente usada para aumentar a produtividade das culturas.

“Acho que podemos ajudar a comunidade agrícola e reduzir a poluição ambiental através da nossa tecnologia”, disse Kingsly Ambrose, professor associado de engenharia agrícola e biológica, que lidera a equipe de pesquisa. “Nós desenvolvemos uma camada de ureia granular de liberação controlada aglomerada, que consiste em duas camadas e tem uma taxa de dissolução mais lenta do que os grânulos de ureia disponíveis no mercado”, completa.

Outros membros da equipe de pesquisa incluem Carl Wassgren, professor de engenharia mecânica, e Dhananjay Pai, gerente de laboratório em engenharia mecânica. Ambrose disse que um grande desafio com o uso da ureia é que sua eficiência relativamente baixa no uso de nutrientes não resiste bem a grandes quantidades de água ou chuva. A água pode lavar a maior parte da ureia, o que leva a perdas econômicas e contaminação para um nível grave.

“O grânulo de ureia que desenvolvemos tem um padrão de dissolução mais lento, com os nutrientes liberados lentamente no início”, disse Ambrose. “Uma vez que a camada externa esteja completamente saturada, os nutrientes na segunda camada são liberados. Esta solução mais lenta reduz a perda de nutrientes devido aos impactos da água”, indica.

Ambrose disse que outra vantagem do fertilizante é que sua composição estrutural melhorará a eficiência do uso de nitrogênio para ajudar a reduzir os custos de fertilizantes. Ele disse que os produtos que os pesquisadores da Purdue desenvolveram poderiam ser usados com sistemas de granulação existentes na indústria de fertilizantes e implementados com um procedimento de instalação simples.

Fonte Agrolink