Milho: quarta-feira começa com preços internacionais em alta de até 3 pontos

0
7
ulleo (CC0), Pixabay

Publicado em 20/02/2019

Após encerra o último pregão com baixas de 5 pontos, os preços internacionais do milho pegaram o caminho contrário e abrem a quarta-feira (20) apresentando ganhos na Bolsa de Chicago (CBOT). As principais cotações registravam valorizações entre 2,75 e 3,25 por volta das 09h11 (horário de Brasília). O vencimento março/19 era cotada a US$ 3,73, o maio/19 valia US$ 3,81 e o julho/19 era negociado por US$ 3,89.

Segundo a Agência Reuters, os preços do trigo no último pregão foram os menores desde o final de outubro e isso pressionou tanto o milho quanto a soja. A falta de demanda pelo trigo dos EUA está pressionando os preços. Em vez de optar pelo trigo dos Estados Unidos, o Estabelecimento Geral da Síria para processamento de cereais e comércio comprou 200.000 toneladas de trigo com origem no Mar Negro.

Conforme análise de Bem Potter da Farm Futures, os preços do milho sofreram preção do trigo na última terça-feira, em uma rodada de vendas técnicas. As licitações à base de milho foram, em sua maioria, estáveis, mas misturadas na terça-feira, com queda de até 2 centavos em um processador de Iowa, mas chegando a subir até 7 centavos em um terminal do rio Iowa.

Outra informação que atuou no mercado foi uma pesquisa realizada pela Agência Reuters, juntamente com 12 analistas, que apontou que a safra de milho 2018/19 do Brasil aumentou 21% em relação ao ano anterior, atingindo uma produção estimada de 2,571 bilhões de bushels, em parte devido ao maior plantio e clima mais agradável nesta temporada.

Confira como fechou o mercado na última terça-feira:

>> Milho: Preços internacionais encerram a terça-feira com baixas de até 5 pontos

Por Guilherme Dorigatti
Fonte Notícias Agrícolas