Mato Grosso bate recorde em preço de bezerro e abates de fêmeas

0
6
02/07/13
O Estado de Mato Grosso não pára de bater recordes, e desta vez os registros históricos ocorreram devido aos criadores estaduais. Segundo o Boletim Semanal do Boi, elaborado pelo Imea, o primeiro recorde refere-se ao preço nominal do bezerro desmama no Estado, que atualmente está cotado, em média, a R$ 678,44/cabeça, 7,22% mais valorizado que no ano passado e 1,18% mais que no mês de maio, que já era recorde.

O outro recorde do Estado deve-se ao elevado abate de fêmeas, que no acumulado dos cinco primeiros meses de 2013 já registra o envio de 1,29 milhão de cabeças de fêmeas bovinas ao gancho, um volume 12,21% maior que o registrado no acumulado de 2012 (1,15 milhão de cabeças). É notável o efeito dos resultados anteriores, pois, o abate de fêmeas elevado devido a crise das pastagens que o Estado vive desde 2010 estão incapacitando o pasto de dar suporte às matrizes para que ocorra a produção de bezerros.

Além disso, existe um sinal claro vindo dos criadores, o sinal de que um bezerro desmama de R$ 678,44/cabeça não remunera a atividade. Em meio a tudo isso, a restrição de oferta do jovem animal elevou as cotações no Estado a níveis recordes e só não estimulou a retenção de fêmeas por uma variável mais que conjuntural, uma variável estrutural da pecuária mato-grossense.

 

Fonte: Agrolink