MAPA contra a pirataria e Feijão-carioca subindo

0
4
Marzena7 (CC0), Pixabay

Publicado em 20/12/2018

O Ministério da Agricultura vem demonstrando que tem preocupação com a questão do uso de sementes piratas. A APASEM – Associação Paranaense de Produtores de Sementes e Mudas – está bastante ativa em acolher denúncias que tratem do uso de grãos como sementes. Querem mudar o vergonhoso título de menor uso de sementes do Agro no Brasil.
O mercado de Feijão-carioca manteve a diferença dos últimos anos estando ativo quando nessa época próxima aos feriados o mercado já estava completamente parado. A todo momento novos valores são alcançados. Ao componente da especulação somam-se as notícias que até o momento não indicam que o abastecimento possa ser de razoável normalidade em janeiro. Com R$ 200 sendo comentado até mesmo no Paraná, diversos produtores trataram de vender ontem ainda por até R$ 185/190 em Minas Gerais. Fazer a média enquanto sobe é o que buscam os mais experientes.
Fonte: IBRAFE