Manejo Correto da Ordenha Manual

0
26

A ordenha é uma atividade que exige cuidado e atenção devido à sua influência na produção de leite, na sua qualidade e na saúde dos animais. Os cuidados tomados durante a ordenha envolvem a higiene do local, dos animais, dos utensílios e do ordenhador.

a. LOCAL DE ORDENHA

Deve ser limpo, seco, arejado e distante de esterqueiras, chiqueiros, galinheiros e fossas, que favorecem a proliferação de moscas. O leite absorve mau cheiro proveniente de alimentos, meio ambiente, utensílios e microrganismos.

Para manter a sala de ordenha em condições adequadas, recomenda-se:

Diariamente:

Remover o esterco e lavar a sala de ordenha com água corrente.

Lavar e desinfetar os baldes e latões ao final da ordenha, mantendo-os de boca para baixo, em local limpo e seco.

Mensalmente:

Desinfetar as instalações com cal queimada.

Sanitização de vasilhames

Utilizar água quente e um detergente (biodegradável) e/ou desinfetante apropriado. Bom resultado de desinfecção se consegue com uma solução de 50 a 100 ppm de cloro ativo (1 ml de hipoclorito de sódio + 1 litro de água fervida ou filtrada), durante dez minutos de contato com o vasilhame. A higiene de uma ordenha se inicia no final da ordenha anterior.

b. MAO-DE-OBRA

Ordenhadores devem ser saudáveis, desfrutar de boa saúde, trabalhar com roupas e mãos limpas, botas, boné, e ter bons hábitos higiênicos (unhas aparadas, cabelo curto, não fumar ou cuspir durante a ordenha).

• As mãos do ordenhador podem ser fonte primária de contaminação das tetas e do leite.

A tarefa do ordenhador deve ser limitada à ordenha das vacas. As tarefas de conduzir o animal, apartar, pear, raspar e lavar o piso devem ser realizadas por um auxiliar.

Manter ao alcance, no momento de ordenhar cada vaca, um recipiente com desinfetante. No caso de identificar uma vaca com grumos no leite (mastite clínica), o ordenhador deve desinfetar as mãos, para não contaminar outros animais.

MANEJO DO ANIMAL

As vacas devem ser manejadas com calma, e a rotina de ordenha (horário, local e a seqüência recomendada) deve ser respeitada, mesmo nos finais de semana e feriados. Práticas como vacinação e tratamentos de doenças não devem ser realizadas na sala de ordenha.

MANEJO DE ORDENHA

Conduzir cuidadosamente a vaca para a ordenha

Prender a cauda e as patas da vaca se necessário (função do auxiliar)

Prender o banquinho na altura do quadril

Examinar e descartar os três primeiros jatos de leite, em caneca de fundo escuro

O exame do leite é importante para identificar as vacas com mastite clínica. As vaca^ doentes devem ser ordenhadas por último, em outro local. Os primeiros jatos arrastam também as bactérias que ficam no canal da teta e contaminam o leite.  Adotando-se a linha de ordenha, evita-se a transmissão de doenças por vírus, algas e bactérias entre vacas.

Lavar as mãos e o antebraço com auxílio de escova e sabão e secá-los com papel-toalha Lavar as tetas com água corrente e tratada, se estiverem sujas Secar as tetas com papel-toalha descartável

Iniciar a ordenha em um a dois minutos, obedecendo à seguinte ordem (linha de ordenha):

de primeira cria; 22) as fêmeas saudáveis;

32) as fêmeas que tiveram mastite, pois estas podem estar com mastite subclínica (oculta).

Obs.: As fêmeas com mastite ou em tratamento precisam ser ordenhadas separada­mente, porque o leite deverá ser descartado (esse leite não é próprio para con­sumo.

Este procedimento é considerado mundialmente como uma prática valiosa no controle da mastite.

e. APÓS A ORDENHA

Desinfetar as tetas com produto apropriado, adquirido para esta finalidade em lojas de produtos veterinários. Pode- se utilizar soluções à base de iodo glicerinado 0,5 a 1%, clorexidine 0,5 a 1%, hipoclorito a 4% ou ácido sulfônico

(LDBSA) a 1,94%.

♦ Os animais devem ser mantidos de pé por até duas horas, que é o tempo necessário para que a extremidade da teta volte a se fechar após a ordenha. Para isso, pode-se fornecer alimentação no cocho.

f. CUIDADOS COM O LEITE

♦Coar o leite em coador apropriado de aço

Gado de Laite

inoxidável ou de náilon, nunca de pano.  Manter o leite refrigerado, em temperatura de 4°C, até ser transportado.

Os cuidados higiênicos na ordenha são essenciais para a obtenção de leite de qualidade, manutenção da saúde dos animais e aumento da produtividade.

Embrapa Gado de Leite

Rua Eugênio do Nascimento, 610 – Dom Bosco Fone: (32)3249-4700 – Fax: (32)3249-4751 36038-330 Juiz de Fora/MG Home page: http://www.cnpgl.embrapa.br e-mail: sac@cnpgl.embrapa.br

edição: Dezembro/2000 – Tiragem: 5.000 exemplares

Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento

GOVERNO FEDERAL

1—           edição: Revista e atualizada em março/2006

Mariice Teixeira Ribeiro e José Renaidi Feitosa Brito

Embrapa Gado de Leite

Fonte:

http://www.cnpgl.embrapa.br/nova/informacoes/pastprod/textos/10Instrucao.pdf

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here