Leite Santa Clara também apresenta álcool etílico

0
8

05/08/2014

Inspeção da Superintendência do Ministério da Agricultura no mês de junho detectou a presença de álcool etílico em amostra de leite cru refrigerado da Cooperativa Santa Clara. Com a comprovação da adulteração, foi fechado um posto de refrigeração da empresa em Veranópolis (RS).

De acordo com informações preliminares obtidas pelo jornal Zero Hora, o leite não se encontra mais no mercado. “A diferença da Santa Clara é que o lote já expirou, então, não tem o que ser retirado do mercado. Foi detectado no leite pasteurizado (conhecido popularmente por leite de saquinho), cuja validade é de poucos dias. Pelo jeito, o produto foi ao mercado e, possivelmente, já foi consumido”, afirma o Ministério Público do Estado.

A Santa Clara, sediada no município de Carlos Barbosa (RS), confirmou o fechamento do posto de refrigeração, por um dia, “para serem feitas adequações”. A empresa afirma ainda não ter sido notificada judicialmente.

Fonte: Agrolink
Autor: Leonardo Gottems