Governo do estado faz parceria para o plantio de 2 milhões de seringueiras

0
9

Medida auxilia Secretaria a cumprir meta de plantar 24 milhões de mudas até 2016

Por Charline Fonseca

A Secretaria do Ambiente fechou uma parceria com a Empresa de Pesquisa Agropecuária (Pesagro) e a Michelin para viabilizar o cultivo, nos próximos cinco anos, de dois milhões de mudas de seringueiras em 21 cidades fluminenses. A medida vai auxiliar no cumprimento da meta do órgão de plantar 24 milhões de mudas até os Jogos Olímpicos de 2016.

A primeira fase do projeto será custeada com recursos do Fundo Estadual de Conservação Ambiental e Desenvolvimento Urbano (Fecam), mas a secretaria estuda a possibilidade de disponibilizar ainda verbas do Fundo Estadual de Recursos Hídricos (Fundrhi). Segundo o secretário do Ambiente, Carlos Minc, além de dinamizar a economia regional, o plantio das seringueiras pode transformar terrenos até então desérticos em produtivos.

– Temos muitas áreas degradadas no Vale do Paraíba e no Noroeste Fluminense que precisam ser reflorestadas. Com o plantio de seringueiras, geramos renda para os agricultores e recuperamos os solos, além de capturar carbono, ajudando, assim, no combate ao aquecimento global. Queremos recuperar essas terras combinando a silvicultura econômica com o reflorestamento de espécies nativas – afirmou o secretário.

A participação da Michelin se deve ao interesse de empresa em comprar 100% da produção de látex, produto das seringueiras que serve de matéria-prima para a produção de pneus. A Pesagro estima que a venda do material movimente, nos próximos 14 anos, R$ 280 milhões somente no Estado do Rio de Janeiro.

– Esse apoio é muito importante. Vai haver também cultura consorciada com os seringais, com produção agrícola de tomates e outros alimentos, para garantir a subsistências das famílias a curto prazo, e o plantio de espécies nativas de Mata Atlântica – completou Minc.

A iniciativa também vai contribuir com outra meta da Secretaria do Ambiente: a de dobrar a cobertura de mata atlântica em todo o território do Estado até 2021, passando de 13% para 26%. Em dois anos, a área de preservação dos municípios já saltou de 101 mil para 209 mil hectares de florestas protegidas.

 

Crédito para os agricultores

A expectativa da Pesagro é promover o plantio de 500 mil mudas até o fim de 2012. A proposta será enviada para o conselho diretor do Fecam até o fim do mês de junho. Pequenos agricultores interessados em investir na produção do látex poderão contar com linhas de financiamento do Banco do Brasil e da Investe Rio, o banco de fomento do Estado. O valor total é de R$ 10 milhões, com prazo de 12 anos e carência de sete, tempo que a seringueira leva para produzir a substância.

 

Fonte: http://www.folhadointerior.com.br/v2/page/noticiasdtl.asp?t=GOVERNO+DO+ESTADO+FAZ+PARCERIA+PARA+O+PLANTIO+DE+2+MILH%D5ES+DE+SERINGUEIRAS&id=29907

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here