Gestão eficiente faz cafeicultura avançar

0
6
Alexas_Fotos (CC0), Pixabay

25/03/2019

O produtor rural Dario Botrel, da Fazenda Matão, localizada em Botucatu, interior de São Paulo, tem acesso às informações mais importantes de sua propriedade, como as movimentações financeiras, controle pluviométrico, relatórios detalhados de custos e de todas as operações da fazenda sempre que precisa. Tudo isto foi possível após Botrel profissionalizar a gestão da fazenda implementando uma plataforma que gerencia, potencializa e proporciona resultados inovadores da sua produção. Dario explica que além do programa, também conta com um administrador e uma gama de profissionais capacitados para acompanhar tudo de perto. O produtor também investe em treinamento constante para os colaboradores. O resultado de todos estes investimentos é uma gestão mais profissional e com resultados eficientes.

Seguindo a mesma tendência, a Cooperativa de Cafeicultores e Agropecuaristas (Cocapec), que atua com produtores na região da Alta Mogiana, com 2.650 cooperados e 320 colaboradores, aposta em uma gestão mais próxima possível do cooperado, formando-os para pilotar o processo de administração e para ocupar cargos administrativos, integrando os interesses do cooperado e as técnicas de gestão. De acordo com o superintendente da cooperativa, Ricardo Lima de Andrade, em um mundo em constante mudança no mercado, o avanço só será possível se houver investimento em educação continuada e em técnicas de gestão, isso inclui em como tratar melhor a contabilidade, a área fiscal, o comercial, os controles internos, entre outros. Nesse sentido, Ricardo enfatiza que a cooperativa avançou em assistência técnica, melhorou o numerário de técnicos para difundir, planejar e acompanhar esse avanço, tudo para que novas tecnologias chegassem ao produtor. Além disso, investiu em imagem de satélite, capaz de dimensionar e quantificar o parque cafeeiro. “Faz parte da gestão da cafeicultura avanços na forma tecnológica de produzir, de armazenar a baixo custo e nas melhores técnicas, com desenvolvimento de troca de insumos por café, que são mecanismos modernos de financiamento e autofinanciamento. Recentemente, fizemos planejamento estratégico para criar plano de trabalho para acessar novas ferramentas, aumentar produtividade e melhorar a qualidade do café”, explica.

Encontro de gestão para cafeicultores

De olho nesta realidade de inovação do segmento produtivo, novos conceitos de gestão e sobre o futuro do mercado mundial do café, o Grupo Conecta realiza, nos dias 2 e 3 de abril, o Encoffee – Encontro de Gestão de Cafeicultores, que vai reunir grandes produtores de todo o Brasil, no Center Convention de Uberlândia, em Minas Gerais. A expectativa é receber cerca de 300 participantes. Nesses dias, os cafeicultores poderão trocar informações sobre a cadeia produtiva do café, avaliar novos conceitos e ferramentas de gestão, analisar novas práticas e soluções que podem impactar positivamente na atividade, além de conhecer muitas pessoas que vivem a mesma realidade e compartilham dos mesmos interesses. Os painéis, focados na excelência da gestão do ‘Agronegócio Café’, contemplam os temas: “Mercado internacional”, “Verticalização – o caminho para aceleração do crescimento”, “Sucessão familiar – o pilar de garantia da perpetuidade”, “Tecnologias digitais – a disrupção no campo” e “Finanças e gestão de risco no café”. “O Brasil é o principal player do mercado internacional do café se mantendo em 1º lugar como maior produtor global da commodity e 2° lugar no consumo de café, atrás apenas dos EUA. A projeção atual é de aumento de 30% no consumo mundial nos próximos anos. “Para nos mantermos na posição de líder desse ranking, todo o setor produtivo deve estar alinhado e preparado para promover uma evolução sustentável, elevando a produtividade por área, sem impactar na qualidade dos grãos especiais, conseguindo meios de se tornar cada vez mais competitivo. Por isso, é fundamental que os produtores de café reservem tempo e direcionem esforços no sentido de falar do seu próprio negócio e de buscar conhecimento para que sejam cada vez mais produtivos, rentáveis e acompanhem as transformações e novidades que não param de chegar. Este é o grande objetivo do Encoffee”, destaca Danilo Bonfim, Diretor do Grupo Conecta.

Para o produtor rural Dario Botrel, que já confirmou presença no evento, o Encoffee apresenta uma programação com palestras de alto nível. “É muito válido esse tipo de evento. Vamos obter conhecimento sobre os desafios que os produtores devem enfrentar tanto na estratégia quanto na gestão da propriedade”, conclui.

O Encoffe é voltado para todo o trade da cafeicultura. Os interessados em participar podem ligar no (34) 3227-4286 para confirmar a presença ou se inscrever por meio do site www.gpoconecta.com.br, que também conta com a programação e informações gerais do evento.

 

Fonte: Agrolink