GE apresenta soluções de tratamento de água e processos para o setor de Açúcar e Etanol do Brasil

0
9

Reforçando seu compromisso com um dos principais setores econômicos do Brasil, a GE (NYSE: GE) apresenta as suas mais recentes tecnologias para o tratamento de água e processos para a indústria de açúcar e etanol na Fenasucro & Agrocana 2011, uma feira internacional de comércio. O evento é realizado em Sertãozinho, em São Paulo, responsável por mais de 50% da colheita de cana de açúcar do País.

“Por meio do nosso programa ecomagination estamos empenhados em comercializar novas tecnologias que ajudarão os clientes no Brasil e em todo o mundo, a superar os desafios ambientais existentes. Continuamos focando nossa tecnologia e expertise em ajudar os clientes na indústria de açúcar e etanol do Brasil a atender às suas necessidades de produtividade e qualidade, ao mesmo tempo em que utilizam menos recursos naturais”, diz Tadeu Justi, executivo Regional de Tecnologias de Processo e Água para a América Latina na GE Power & Water.

No final do ano passado, a GE anunciou seu plano de investimento de US$500 milhões para expandir suas operações no Brasil, incluindo US$100 milhões no Centro de Pesquisa Global, no Rio de Janeiro. Esses planos exemplificam o compromisso contínuo da GE com a pesquisa e o desenvolvimento no País. A nova unidade de pesquisa, quando estiver em total operação no início de 2013, empregará 200 pesquisadores e engenheiros, focados nas avançadas tecnologias para as indústrias de petróleo e gás, biocombustíveis, energia renovável, mineração, ferrovias e aviação.

Ilustrando também esta estratégia regional, a GE está construindo um novo laboratório em sua unidade de Cotia (SP), que focará em aplicações na indústria de açúcar e etanol. O novo laboratório que será inaugurado em janeiro de 2012, possibilitará testes e simulações de novas tecnologias para o processamento industrial de açúcar e etanol. A fabrica de Sorocaba fornece sistemas avançados de filtragem de água, usados em uma ampla gama de indústrias, incluindo alimentos e bebidas, petróleo e gás, e produção de aço, além de outros equipamentos.

Filipe Xavier
Assessoria de Imprensa
filipe.xavier@agenciaideal.com.br
Fonte: http://www.grupocultivar.com.br/site/content/noticias/?q=22144#22144

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here