Feijão vira caso de polícia

0
6
jan_nijman (CC0), Pixabay

Publicado em 30/11/2018

O mercado de Feijão vem passando por uma franca e constante evolução e esta semana mais um passo para a formalidade foi dado. No noroeste de Minas Gerais uma operação do Ministério Público Estadual, da Secretaria de Fazenda e das Polícias Civil e Militar, em conjunto com a Receita Federal, prendeu 11 pessoas que movimentaram mais de 1 bilhão de reais por ano em notas fiscais frias; ao todo são 22 mandados de prisão e 46 mandados de busca e apreensão. É claro que esta operação não atingiu somente o Feijão, mas diversos outros produtos agrícolas produzidos naquele estado. No Feijão acaba sendo importante o efeito de uma operação deste naipe. Alguns corretores estão observando como o mercado vai se comportar. Não há estatística sobre o quanto esta quadrilha movimentava no Feijão, mas pode ter impacto pesado. A semana terminou com preços estáveis. Em Minas Gerais, ontem, poucos negócios ocorreram entre R$ 155 até R$ 165. O interior de São Paulo ficou estável, mas com volume razoável de vendas em R$ 170 até R$ 175, dependendo do prazo.
Fonte: IBRAFE