Estiagem atrapalha produção de borracha diante de mercado aquecido

0
12

Vendas de automóveis puxam setor, que, no entanto, fornece menos matéria-prima por falta de condições climáticas

26/07/2011 – 22:02

Da redação

Apesar da alta no mercado automobilístico, os produtores de borracha de Barretos não têm muito a comemorar. Enquanto a demanda por matéria-prima é elevada com as vendas de veículos em todo o país, a estiagem impossibilita um maior fornecimento de látex. O tempo frio é o que melhor possibilita a produção do material, no entanto a falta de chuvas é um entrave.

Com uma plantação estimada de 30 mil árvores, o produtor Marcelo Jamal Pereira recolhe normalmente 180 toneladas de látex por ano de seus seringais, porém o clima seco reduziu a previsão de colheita deste ano para 160. “Os principais meses de produção tiveram seca intensa. Isso acarretou uma perda muito grande”, afirma.

Com a chegada da entressafra, em agosto, as esperanças dos produtores se voltam para outubro, quando a produção deve ser retomada até junho de 2012. O volume de chuvas, para tanto, precisa ser maior. “Que aconteçam chuvas regulares, não em excesso nem em falta. Elas são determinantes para a nossa expectativa de produção”, disse o produtor Daniel Bampa Neto.

Importação

Para os produtores de Barretos, a produção insuficiente para atender o mercado interno deve forçar um maior volume de borracha importada no país. A entrada do material preocupa, já que a concorrência pode reduzir o preço do látex brasileiro. “O Brasil produz 30% do que consome. Já teria que importar 70% de borracha de outros países. Com essa seca, vai ter que importar ainda mais”, analisa Jamal Pereira.

A borracha teve uma valorização superior a 38% entre 2010 e 2011, segundo a Associação Paulista de Produtores e Beneficiadores de Borracha. O valor de referência do quilo em julho é de R$ 7,85. No mesmo período do ano passado, estava cotado a R$ 5,67. “Na parte agrícola, comparada com outros produtos, como laranja, por exemplo, não se compara, a borracha está bem na frente, vale a pena”, afirma Bampa Neto.

Fonte: http://eptv.globo.com/economia/NOT,2,22,360480,Estiagem+atrapalha+producao+de+borracha+diante+de+mercado+aquecido.aspx

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here