Efeito da irrigação sobre o potencial fisiológico de sementes de soja

0
4
14/07/11 – 14:22
Período seco e temperaturas amenas são condições climáticas ideais durante a maturação e colheita de sementes de soja. O objetivo foi verificar o efeito da irrigação no período pós-maturidade fisiológica, sobre o potencial fisiológico de sementes de soja semeadas no inverno. A disposição dos tratamentos seguiu esquema fatorial envolvendo três cultivares (IAC-19, Conquista e IAC 8-2) e duas épocas de interrupção da irrigação (início do estádio R7 e irrigação até 14 dias após R8). Foram feitas amostragens (colheitas) no início do estádio R7, 3, 7, 10, 14 (estádio R8) e 28 dias após o início do estádio R7. Para as avaliações utilizaram-se os testes de germinação, de envelhecimento acelerado e de condutividade elétrica e determinou-se a porcentagem de sementes manchadas e defeituosas. Nas condições em que foi realizado o experimento, concluiu-se que a irrigação após o estádio R7 não compromete e pode até melhorar o potencial fisiológico das sementes produzidas; a produção de sementes de soja em semeadura de inverno é possível em função de condições climáticas favoráveis.

Veja o artigo na integra clicando aqui.

Josué Bispo da Silva, Edson Lazari, Marco Eutáquio de Sá, Roberval Daiton Viera

Revista Brasileira de Sementes

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here