Diagnóstico das condições, tempo de uso e manutenção de pulverizadores no Estado de MS

0
7
03/08/11 – 15:38
O estudo teve por objetivo avaliar a condição de manutenção de pulverizadores com capacidade de tanque superior a 2.000 litros, em áreas de produção de soja do Estado de Mato Grosso do Sul. Foram inspecionados 38 pulverizadores de arrasto e automotrizes e 45 conjuntos de pontas de pulverização. O levantamento a campo foi realizado em parceria com a DuPont do Brasil S.A. Foram feitas inspeções em componentes e equipamentos determinantes para o controle e a qualidade da pulverização: tacômetro, manômetro, Sistema de Posicionamento Global (GPS), tanque de água limpa e reservatório para lavagem de embalagens e pontas de pulverização. A avaliação da vazão de 12 pontas por conjunto foi realizada com o uso de provetas graduadas. Os resultados indicaram que a frota da região norte do Estado possui menor idade que a frota da região sul, onde o tempo de uso médio calculado foi de 7,1 anos. Em 51,1% dos casos, os pulverizadores apresentavam pontas com vazão  inadequadas.

Veja o artigo na integra clicando aqui.

Autores: Fernando C. Bauer, Francisco de A. R. Pereira, Bruno R. Scheeren, Luiz W. Braga

revista Engenharia Agrícola

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here