Colheita e plantio de culturas anuais movimentam Sistemas Agroflorestais na Amazônia

0
2
19/01/15 – 12:34
Acontece agora a segunda campanha de plantios do Bioma Amazônia. Os plantios iniciaram em dezembro de 2014, com o início das chuvas na região sudeste do Pará. Desde então, espécies florestais, frutíferas e culturas anuais são implantadas na área experimental do Projeto Biomas da Amazônia, localizada na Fazenda Cristalina, município de São Domingos do Araguaia, a 90 km de Marabá.

E ainda: as culturas anuais que foram plantadas na primeira campanha de plantios (2013/14) já começam a dar bons resultados. É o caso dos plantios de mandioca e de macaxeira do subprojeto AM13, liderado pelo Dr. Antônio Menezes, da Embrapa Amazônia Oriental, consorciadas com árvores de castanheira e mogno-africano. As duas variedades de cada espécie, totalizando quatro, foram cultivadas em 1,2 ha e acabam de ser colhidas integralmente para que em seu lugar, após o preparo da área, sejam cultivados cerca de 40 mil abacaxizeiros, marcando o início da segunda cultura anual dos sistemas agroflorestais propostos neste subprojeto.

Paralelo a esse trabalho, o subprojeto AM02, liderado pela Drª. Débora Aragão, também da Embrapa Amazônia Oriental, igualmente passa por uma renovação em seu sistema agroflorestal proposto. No primeiro ano, foi cultivado o feijão-guandu para adubação verde em duas faixas entre três filas triplas de árvores (andiroba, castanheira e pau-preto). Após a incorporação do feijão ao solo, foram plantadas quase 8 mil manivas (pedaço da rama da mandioca) obtidas da colheita do subprojeto AM13. Além disso, ela fez coletas de solo e realizou a medição da altura das cerca de 300 árvores cultivadas em sua área e que agora completam seu primeiro ano de vida.

“A sincronia entre os subprojetos com culturas em comum em momentos como esse é fundamental para o cumprimento das metas estabelecidas pelos pesquisadores”, afirma Alexandre Mehl Lunz, pesquisador da Embrapa Amazônia Oriental e coordenador regional do Bioma Amazônia. “É impossível conduzir todos os plantios de uma só vez. Assim, estabelecemos um rígido cronograma de dezembro de 2014 a fevereiro de 2015 para viabilizar a presença de todos os pesquisadores quando dos seus respectivos plantios, medições, avaliações a campo, de acordo com nosso pessoal disponível. A presença do pesquisador proponente das ações propostas, num momento crucial como o plantio, é fundamental”, complementa.

Para mais detalhes sobre os subprojetos AM02 e AM13, além de informações sobre todos os demais subprojetos de pesquisa do Bioma Amazônia, acesse: http://www.projetobiomas.com.br/bioma/amazonia/atividades

Sobre o Bioma Amazônia

A segunda fase de plantios do Bioma Amazônia, dando sequência à fase de dezembro de 2013 a março de 2014, está em pleno andamento desde dezembro de 2014, com previsão de término em fevereiro de 2015. Cerca de 14 mil mudas de 24 espécies, dentre novos plantios a alguns replantios, serão implantadas como parte de alguns dos 22 subprojetos de pesquisa atualmente em andamento em Amazônia.

Sobre o Projeto Biomas

O projeto Biomas, fruto de uma parceria entre a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), é uma iniciativa inédita no Brasil e tem como objetivo identificar formas sustentáveis para viabilizar a propriedade rural brasileira considerando a árvore em seus sistemas propostos. Os estudos estão sendo desenvolvidos nos seis biomas brasileiros. O Projeto Biomas tem o apoio do Senar, Sebrae, Monsanto e John Deere.