Carne bovina de Minas busca recuperação no mercado externo

0
2
05/12/12
Vendas para a Rússia responderam por 38% da receita em dez meses, atingindo o valor de US$ 106,7 milhões
As vendas externas de carne bovina, nos dez primeiros meses de 2012, somaram US$ 280,7 milhões, receita 9,2% superior à registrada em idêntico período do ano passado. As informações são do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC). De acordo com a Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), o valor registrado nos primeiros dez meses de 2012 é o segundo maior da série iniciada em 2001.

“O maior valor obtido com as exportações de carne bovina por Minas foi US$ 295,7 milhões, cifra registrada em 2007, antes do início dos problemas na economia internacional, deflagrados no segundo semestre de 2008”, informa a assessora técnica da Superintendência de Política Economia Agrícola (Spea), Márcia Aparecida de Paiva Silva. Rússia, Chile e Hong Kong foram os principais destinos da carne exportada por Minas. Os três países, juntos, absorveram 57,6% das exportações mineiras.

Um dos fatores que contribuíram para a nova marca ano foi o aumento das vendas para a Rússia neste ano. As compras daquele país aumentaram 66,3% na comparação entre os primeiros dez meses de 2011 e 2012, atingindo US$ 106,7 milhões. O valor corresponde a 38% da receita obtida com as vendas externas totais de carne por Minas no período analisado.

Márcia Silva diz que o fim do embargo russo às carnes brasileiras, mediante a adaptação das indústrias nacionais às regras impostas por aquele país, é um incentivo para aumentar as exportações de carnes do Brasil. Embora os frigoríficos mineiros não tenham sido afetados pelo embargo, podem se beneficiar da abertura de mercados.

Ela ressalta que o bom resultado das vendas externas de carne bovina foi destaque na análise do comportamento das exportações do agronegócio mineiro. “Em meio à crise internacional, foi registrado desaquecimento geral das vendas externas do setor estadual. Com essa performance, as exportações do produto bovino superaram as vendas externas de carne de frango e se posicionaram como principal gerador de receita cambial do grupo de carnes (composto ainda por carne suína, de peru e outras). De janeiro a outubro, as exportações mineiras de carne bovina representaram 39,2% das vendas externas do grupo das carnes”.

A assessora ainda explica que o bom desempenho de segmentos específicos contribui para minimizar as perdas da crise econômica internacional. “As vendas externas de carne bovina vêm colaborando para esse fim”, acrescenta. Márcia Silva ainda destaca a importância da venda de produtos em sintonia com as restrições sanitárias internacionais, possibilitando a expansão de mercados de destino.

Exportações MG de carne bovina – jan/out 2012 X jan/out.2011

Total: US$ 280,7 milhões (+ 9,2%)
Rússia: 106,7 milhões (+ 66,3%)
Chile: US$ 28,9 milhões (+ 87,8%)
Hong Kong: US$ 25,6 milhões (+28,1%)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here