Boa notícia para quem tem diabetes! Consumir leite no café da manhã reduz a glicose no sangue ao longo do dia

0
2
Pexels (CC0), Pixabay

Com informações do Journal of Dairy Science

Uma mudança na rotina do café da manhã pode trazer benefícios para o tratamento do diabetes tipo 2, de acordo com um novo estudo que será publicado no “Journal of Dairy Science” de outubro.

H. Douglas Goff, PhD, e a equipe de cientistas da Unidade de Pesquisas Nutracêuticas Humanas da Universidade de Guelph, em colaboração com a Universidade de Toronto, examinaram os efeitos do consumo de leite com alto teor protéico no café da manhã nos níveis de glicose e na saciedade após o café da manhã e depois de uma segunda refeição.

CLIQUE AQUI para acessar o estudo original.

O leite consumido com cereais matinais reduziu a concentração de glicose pós-prandial (níveis após as refeições) em comparação com a água. Já a alta concentração de proteína láctea reduziu a concentração de glicose pós-prandial em comparação com a concentração normal de proteína láctea. O tratamento com alta proteína também reduziu o apetite após a segunda refeição em comparação com o equivalente de baixa proteína.

“As doenças metabólicas estão em ascensão global, com diabetes tipo 2 e obesidade sendo as principais preocupações na saúde humana”, disseram Dr. Goff e equipe. “Assim, há um estímulo para se desenvolver estratégias de dietas que levem a redução de risco e ao contrle da obesidade e do diabetes, permitindo aos consumidores obeterem uma melhora em sua saúde pessoal”.

Neste estudo randomizado e controlado, a equipe examinou os efeitos do aumento da concentração de proteína e aumento da proporção de proteína de soro no leite consumido com um cereal matinal rico em carboidratos sobre a glicose no sangue, sobre os sentimentos de saciedade e sobre o consumo de alimentos mais tarde, ao longo do dia. A digestão das proteínas whey e caseína, naturalmente presentes no leite, libera hormônios gástricos que retardam a digestão, aumentando a sensação de saciedade. A digestão das proteínas do soro atinge este efeito mais rapidamente, enquanto as proteínas da caseína proporcionam um efeito mais duradouro.

Embora a equipe tenha encontrado apenas uma modesta diferença no consumo de alimentos na refeição do almoço ao aumentar o whey protein no café da manhã, eles descobriram que o leite consumido com um café da manhã rico em carboidratos reduziu a glicose no sangue mesmo após o almoço, e o leite com alto teor de proteína teve um efeito ainda maior. O leite com uma proporção aumentada de proteína de soro de leite teve um efeito modesto na glicemia pré-almoço, alcançando uma diminuição maior do que a fornecida pelo leite normal.

De acordo com o Dr. Goff e colaboradores, “este estudo confirma a importância do leite na hora do café da manhã para ajudar na digestão mais lenta dos carboidratos e ajudar a manter os níveis de açúcar no sangue mais baixos. Nutricionistas sempre enfatizaram a importância de um café da manhã saudável e este estudo deve incentivar os consumidores a incluirem o leite nessa refeição”.

Fonte: http://www.bebamaisleite.com.br/