Queijos mineiros conquistam 50 medalhas na França

0
25
PublicDomainPictures (CC0), Pixabay

O evento reúne 953 queijos, de 20 países

Publicado em 04/06/2019

Os produtores mineiros conquistaram 50 medalhas no Concurso Mundial de Queijos, disputado essa semana em Tours, na França. O evento reúne 953 queijos, de 20 países.

Foram premiados, na categoria superouros, três queijos artesanais da Serra da Canastra. Foram 5 ouros, 20 pratas e 22 bronzes. Os outros estados brasileiros vencedores foram São Paulo (com 1 superouro e 2 pratas), Pará (com 1 ouro e 1 prata) e Rio de Janeiro ( com 1 bronze).

As 56 medalhas conquistadas mostram que o país está conquistando espaço na disputa, que é bianual.
– Em 2015, o Brasil conquistou apenas uma medalha, de prata.
– Em 2017, foram 12 medalhas (1 superouro, 1 ouro, 7 pratas e 3 bronzes).

Vencedores 2019

SUPEROURO
MINAS GERAIS
– Vale da Gurita – Queijo Minas Artesanal da Serra da Canastra
– Santuário do Mergulhão – Queijo Minas Artesanal da Serra da Canastra (curado)
– Queijo do Ivair – Queijo Minas Artesanal da Serra da Canastra

OUTROS ESTADOS
Pardinho – Cuesta (oito meses) – (SP)

_______________________________________________
OURO

MINAS GERAIS
– Mineirinho – Queijo Minas Artesanal de Araxá
– Rancho 4R – Queijo Minas Artesanal da Serra da Canastra (180 dias)
– Fazenda Bela Vista – Queijo Artesanal de Alagoa (60 dias)
– Queijos Cruzília – Cruzília 300
– Rancho das Vertentes – Névoa Tronco de Pirâmide

OUTROS ESTADOS
Queijo Canaã (Pará)

_______________________________________________
PRATA

MINAS GERAIS
– Sertanejo – Queijo Minas Artesanal do Serro
– Maria Nunes – Queijo Minas Artesanal do Serro
– Turvo Grande – Queijo Minas Artesanal do Serro
– Santana – Queijo Minas Artesanal do Serro
– Dona Iaiá – Queijo Minas Artesanal do Serro
– Zé Mário – Queijo Minas Artesanal da Serra da Canastra
– Santuário do Mergulhão (extracurado) – Queijo Minas Artesanal da Serra da Canastra
– Roça da Cidade (canastra real) – Queijo Minas Artesanal da Serra da Canastra
– Vale Encantado – Queijo Minas Artesanal da Serra da Canastra
– Capão Grande – Queijo Minas Artesanal da Serra da Canastra
– Pingo de Amor (meia cura) – Queijo Minas Artesanal da Serra da Canastra
– Pingo de Amor (curado) – Queijo Minas Artesanal da Serra da Canastra
– Pingo de Amor (22 dias) – Queijo Minas Artesanal da Serra da Canastra
– Queijo Craveiro
– Rudá – Débora Pereira
– Fazenda Bela Vista (45 dias) – Queijo Artesanal de Alagoa
– Fazenda Bela Vista – Queijo Artesanal de Alagoa (120 dias)
– Queijos Cruzília – Requeijão
– Queijo d’Alagoa – Queijo Artesanal de Alagoa (pequeno)
– Serra dos Arachás – Queijo Minas Artesanal de Araxá

OUTROS ESTADOS
Pardinho – Mandala (12 meses) – SP
Fazenda São Victor – Queijo do Marajó tipo creme – Pará
Bela Fazenda – Sinueiro – SP

_______________________________________________
BRONZE

MINAS GERAIS
– Curupira – Queijo Minas Artesanal do Serro
– Paixão – Queijo Minas Artesanal do Serro
– Rio das Pedras – Queijo Minas Artesanal do Serro
– Quilombo – Queijo Minas Artesanal do Serro
– Queijo do Serjão – Queijo Minas Artesanal da Serra da Canastra
– Valtinho – Queijo Minas Artesanal da Serra da Canastra
– Tradição da Canastra – Queijo Minas Artesanal da Serra da Canastra
– Rancho 4R (60 dias) – Queijo Minas Artesanal da Serra da Canastra
– Queijo do Ivair – Queijo Minas Artesanal da Serra da Canastra
– Queijo do Dinho – Queijo Minas Artesanal da Serra da Canastra
– Queijo do Miguel – Queijo Minas Artesanal da Serra da Canastra
– Porto Canastra – Queijo Minas Artesanal da Serra da Canastra
– Queijo do Cláudio – Queijo Minas Artesanal da Serra da Canastra
– Beira da Serra – Queijo Minas Artesanal da Serra da Canastra
– Queijo da Santa – Queijo Minas Artesanal da Serra da Canastra
– Capim Canastra – Queijo Minas Artesanal da Serra da Canastra
– Cooperativa do Serro – Queijo Minas Artesanal do Serro
– Hélder Falcão Aragão – Queijo Falcão (massa crua)
– Queijos Cruzília – Dagano
– Queijaria Datas – Fazenda Vitória (Serro)
– Queijaria Datas – Queijo Datas Guzerá
– Bicas da Serra – Queijo Minas Artesanal do Campo das Vertentes (Império)

OUTROS ESTADOS
Laticínio Grupiara – Serra do Pico – RJ

 

Fonte AGROLINK