Preço da soja volta a cair no Brasil

0
11
Imagem de Євген Литвиненко por Pixabay

Demanda chinesa totalmente ausente para o Brasil, com a China focada na Argentina

Segundo apurou a pesquisa diária do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada, da USP), os preços da soja no mercado físico brasileiro fecharam a quarta-feira (02.10) com preços médios da soja nos portos do Brasil sobre rodas para exportação caindo 0,60%, para R$ 87,61/saca. Com isto, o acumulado dos dois primeiros dias de outubro ficou em 0,98%.

“A queda de 0,67% na cotação do dólar no Brasil, somada à queda de 0,62% na cotação em Chicago, mais a ausência da China permitiram que os preços médios que os compradores puderam oferecer sobre rodas nos portos brasileiros sofressem uma queda”, explica o analista da T&F Consultoria Agroeconômica, Luiz Pacheco.

No mercado físico houve bons volumes de venda no disponível antes que os preços e o dólar caíssem no Paraná. Mas, o dia terminou com preços de R$ 79,00 (contra 80,00 do dia anterior) para o agricultor de Ponta Grossa, com o mercado de lotes pagando R$ 84,00 para 29/11 no spot e R$ 89,50 para início de junho no porto em Paranaguá. No Rio Grande do Sul os preços desta quarta-feira foram R$ 88,50 para outubro e R$ 87,00 para safra nova.

“Demanda chinesa totalmente ausente para o Brasil, com a China focada na Argentina, onde comprou lotes para maio/20 com prêmio negativo de 36N. Por isso os prêmios nos portos brasileiros permaneceram inalterados para Novembro e Fevereiro, recuaram 5 cents/bushel para Março, subiram 5 cents para Abril, recuaram 5 cents para Maio e 5 cents para Junho e Julho, respectivamente. No mercado de Paper de Paranaguá não houve negócios nesta quarta-feira”, conclui Pacheco.

Fonte AGROLINK