Microirrigação pode tornar agricultura sustentável

0
10
avilarchik6956 por Pixabay

“O método de irrigação é determinado por diferentes culturas e suas diferentes necessidades de água”

A microirrigação pode tornar a agricultura sustentável, ao ponto em que evita desperdícios, segundo um artigo publicado no portal especializado AgroPages.com. De acordo com o texto escrito por Krishi Jagran, da Índia, indo pelo ritmo atual de crescimento populacional e tendências de consumo, a Índia, já em 2050, poderia ser um país com escassez de água.

“Apenas metade das terras cultivadas da Índia é irrigada. No entanto, o uso predominante de métodos de irrigação por inundação desatualizados e ineficientes significa que muita água é perdida para vazamento, infiltração e evaporação. De fato, menos de um terço da água usada na irrigação por inundação beneficia diretamente a lavoura, com o resto desperdiçado. A microirrigação elimina esse desperdício, melhora a eficiência da água e aumenta a produtividade agrícola e, portanto, a prosperidade”, disse.

Existem basicamente duas grandes práticas de microirrigação adotadas na Índia – irrigação por gotejamento e irrigação por aspersão. A irrigação por gotejamento usa uma rede de tubulações para fornecer água diretamente para a zona de raiz de uma cultura, enquanto o método de aspersão usa sprinklers para simular chuvas e irrigar um pedaço de terra.

“O método de irrigação é determinado por diferentes culturas e suas diferentes necessidades de água. Enquanto a irrigação por gotejamento é naturalmente mais eficiente do que a irrigação por aspersão, o que inevitavelmente resulta em uma perda de água para a evaporação, ambos os métodos são muito mais benéficos em comparação com os métodos tradicionais de irrigação por inundação”, completa.

Fonte AGROLINK