China compra do Brasil e levanta preços

0
7
1737576 (CC0), Pixabay

Além da volta da China, também o dólar subiu forte, cerca de 1,50% nesta quinta-feira, além de Chicago

Segundo apurou a pesquisa diária do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada, da USP), os preços da soja no mercado físico brasileiro fecharam a quinta-feira (19.09) com preços médios da soja nos portos do Brasil sobre rodas para exportação subindo 0,15%, para a média nacional de R$ 85,50/saca. Isso reduziu as perdas acumuladas do mês para 3,41%, contra 3,56% do dia anterior.

“Com a volta da China a comprar do Brasil os preços da soja voltaram a subir. Além da volta da China, também o dólar subiu forte, cerca de 1,50% nesta quinta-feira e Chicago subiu 0,70%, impulsionando a alta nos valores oferecidos pelos compradores nos portos brasileiros”, explica o analista da T&F Consultoria Agroeconômica, Luiz Pacheco.

No mercado físico os preços atingiram R$ 87,00/saca para 21 de novembro contra R$ 85,00/saca, do dia anterior, em Rio Grande. Já no mercado interno o preço subiu mais, cerca de 0,47%, para a média de R$ 79,69/saca, contra R$ 79,32/saca do dia anterior. Com isto o acumulado do mês de setembro no interior reduziu as perdas para 3,82% (3,57%). No mercado físico doméstico o preço em Passo Fundo subiu para R$ 81,40/saca, contra R$ 81,00/saca do dia anterior.

“A China se afastou de novo dos EUA e voltou a comprar na América do Sul. Ontem foram dois cargos na Argentina (se bem que para safra nova), mas hoje foram 6 cargos do Brasil, para embarques agora, de soja disponível, com prêmios a +210X (5 cargos) e 1 cargo a +186X. Isto confirma a informação que a T&F transmitiu no início da semana de que os chineses estavam se distanciando dos EUA e voltando a focar na América do Sul”, explica Pacheco

Com isso os prêmios FOB da soja brasileira, embora tenham permanecido inalterados para Outubro, subiram 25 cents para Novembro. Já os prêmios de safra nova recuaram bastante, pressionados pelas vendas a prêmios negativos, feitas pela Argentina, anteontem. “Diante disso, os compradores reduziram os prêmios brasileiros em cerca de 5cents para fevereiro, 10 cents para março, 8 cents para abril, 5 cents para maio e 3 para junho e julho, embora os mantendo positivos”, conclui Pacheco.

Fonte AGROLINK