Biocontrole é alternativa contra vaquinha verde-amarela

0
30
LINKEDIIN , VAC

“A nova formulação líquida permite mais eficiência de aplicação”

Publicado em 05/06/2019

O controle biológico está se tornando uma alternativa importante contra a vaquinha verde-amarela, que ataca os cultivos de feijão, soja, batata e milho e causa danos em diversas lavouras brasileiras.  As larvas dessa praga se alimentam das raízes e interferem na absorção de nutrientes e água, comprometendo o desempenho das plantas.

Para esse controle, a Agrivalle está utilizando um novo inseticida biológico que funciona à base do fungo Beauveria bassiana. De acordo com o Diretor de Pesquisa da Agrivalle, Eduardo Bernando, na versão Concentrado Emulsionável (CE), o produto promete agregar facilidade operacional à performance já conhecida na categoria em pó (WP) do produto. “A nova formulação líquida permite mais eficiência de aplicação, sem nenhum complicador operacional, além de garantir mais segurança e efetividade no combate”, afirma.

De acordo com a empresa, o chamado AUIN® CE oferece todas as vantagens do controle biológico, já que não deixa resíduos químicos nas plantas, frutos ou no ambiente. Sendo assim, ele é indicado aos produtores orgânicos, além dos que cultivam no sistema convencional, e que se utilizam de programas do Manejo Integrado de Pragas (MIP).

“Sabemos da busca dos agricultores por ser cada vez mais eficazes na produção, otimizando custos e recursos para alcançar os melhores resultados. Por isso, a Agrivalle está sempre em busca de inovações que contribuem com o avanço da agricultura, além de beneficiar os consumidores, levando à mesa alimentos mais saudáveis e saborosos”, reforça o Diretor de Marketing, Wagner Coladel.

Fonte AGROLINK