Aprosoja avalia condições dos portos das regiões Sul e Sudeste

0
0
16/07/13
Uma equipe composta por representantes da Aprosoja, Movimento Pró-logística, Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (Abiove) e Confederação Nacional da Agricultura (CNA) realiza visitas durante esta semana aos portos das regiões Sul e Sudeste do país. O objetivo é conhecer de perto os principais gargalos do setor portuário nacional e as novas oportunidades para o agronegócio.

Na visita também são realizadas reuniões técnicas com os representantes das empresas responsáveis pelos portos, estreitando relacionamentos e aprofundando estudos sobre os principais terminais portuários brasileiros. Serão visitados portos do Espírito Santo, São Paulo, Rio de Janeiro, Santa Catarina e Paraná.

Nesta segunda (15), no Espírito Santo, foram visitados os portos de Tubarão e Vitória, na capital capixaba. De acordo com o diretor executivo do Movimento Pro-logística, Edeon Vaz Ferreira, neste início de viagem já foram percebidos alguns problemas. “Nesta rodada técnica inicial já foi possível perceber a ausência de vias que devem dar acesso aos portos”, alertou. O problema de acesso aos portos se transformou em caos no mês de maio, quando centenas de caminhões enfrentaram vários quilômetros de filas e congestionamento para chegarem aos terminais.

O presidente da Aprosoja, Carlos Fávaro, destacou que a partir da próxima semana deverá ser convocada uma reunião como as administradoras ferroviárias. “Precisamos de melhorias na infraestrutura de acesso aos portos, por isso queremos ouvir das operadoras ferroviárias quais são as dificuldades enfrentadas e também as projeções futuras de melhoramento do setor”, disse Fávaro.

Agenda – Nesta terça a visita será no Rio de Janeiro. Estão previstas reuniões com a gerência geral de logística da empresa LLX e com representantes da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), vinculada ao Ministério de Minas e Energia. Na quarta (17), será visitado o porto de Santos/SP, na quinta (18) a equipe vai acompanhar os trabalhos do porto de Paranaguá/PR, e por fim, na sexta (19), o porto de São Francisco do Sul/SC.

Na visita também são realizadas reuniões técnicas com os representantes das empresas responsáveis pelos portos, estreitando relacionamentos e aprofundando estudos sobre os principais terminais portuários brasileiros. Serão visitados portos do Espírito Santo, São Paulo, Rio de Janeiro, Santa Catarina e Paraná.

Nesta segunda (15), no Espírito Santo, foram visitados os portos de Tubarão e Vitória, na capital capixaba. De acordo com o diretor executivo do Movimento Pro-logística, Edeon Vaz Ferreira, neste início de viagem já foram percebidos alguns problemas. “Nesta rodada técnica inicial já foi possível perceber a ausência de vias que devem dar acesso aos portos”, alertou. O problema de acesso aos portos se transformou em caos no mês de maio, quando centenas de caminhões enfrentaram vários quilômetros de filas e congestionamento para chegarem aos terminais.

O presidente da Aprosoja, Carlos Fávaro, destacou que a partir da próxima semana deverá ser convocada uma reunião como as administradoras ferroviárias. “Precisamos de melhorias na infraestrutura de acesso aos portos, por isso queremos ouvir das operadoras ferroviárias quais são as dificuldades enfrentadas e também as projeções futuras de melhoramento do setor”, disse Fávaro.

Agenda – Nesta terça a visita será no Rio de Janeiro. Estão previstas reuniões com a gerência geral de logística da empresa LLX e com representantes da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), vinculada ao Ministério de Minas e Energia. Na quarta (17), será visitado o porto de Santos/SP, na quinta (18) a equipe vai acompanhar os trabalhos do porto de Paranaguá/PR, e por fim, na sexta (19), o porto de São Francisco do Sul/SC.

Fonte: Agrolink