Apreensão oficial de trigo na Argentina é crime, acusa deputado

0
2
08/07/13 – 11:50
por Leonardo Gottems

Deputado representante da União Cívica Radical da Argentina, Oscar Aguad afirma que o ministro do Comércio Interno, Guillermo Moreno, vai cometer vários crimes caso ponha em prática a Lei de Abastecimento e apreenda trigo de agricultores locais. Segundo ele, a lei prescreveu em 2010, após algumas prorrogações, e desde esse ano não foi revalidada.

“Não foi estendida, pois não funciona. Se Moreno apreender [o trigo] apoiado por uma lei que não está em vigor, isto é roubo. E se ele o fizer à força, é um assalto. São diversas figuras penais, inclusive abuso de autoridade”, alerta o deputado federal argentino.

E Aguad vai além, acusando o ministro de causar o problema: “O paradoxo é que Moreno é a pessoa que deveria ser responsabilizada pela escassez de trigo na Argentina. Com suas decisões e medidas, ele conseguiu provocar a pior safra de trigo da história”, disse o oposicionista.

 

Agrolink
Autor: Leonardo Gottems