Ácaro texano

0
21

(Eutetranichus banksi)

A fêmea adulta do ácaro Eutetranichus banksi mede aproximadamente 0,4 mm de comprimento e sua coloração varia da vermelha-clara a verde-escura. Os machos têm o corpo menor e suas pernas são longas. O ovo tem o formato de disco, é de cor vermelha-pálida e torna-se de coloração marrom-esverdeada no período que antecede a eclosão das larvas.

Danos: Em decorrência de sua alimentação há o surgimento de inúmeros pequenos pontos de coloração amarelada nas folhas, que se tornam “bronzeadas” e geralmente caem, deixando as árvores desfolhadas.

Controle: O controle químico desta praga preconiza a aplicação de acaricidas registrados para a cultura. Instalar barreiras do tipo “quebra-vento” é uma prática que previne a infestação e reduz a dispersão do acarino no pomar. Utilizar máquinas, implementos e acessórios próprios, nos tratos culturais e colheita, e evitar a entrada de veículos e pessoas estranhas no pomar, também são práticas recomendadas. Manter cobertura vegetal intercalar entre as filas das plantas cítricas favorece o controle natural dos ácaros fitófagos pelo aumento populacional dos seus inimigos naturais

Fonte:

http://www.agrolink.com.br/agricultura/problemas/busca/acaro-texano_1863.html

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here