33ª Expo Nacional Mangalarga valoriza cavalos coloridos

0
8

Pelagens pampa, tordilha, alazã amarilha, castanha e preta terão categorias exclusivas durante a principal mostra da raça Mangalarga

Assessoria de Imprensa ABCCRMangalarga

A 33ª Exposição Nacional do Cavalo Mangalarga, que acontecerá no Haras Raphaela, em Porto Feliz (SP), entre os dias 24 de setembro e 2 de outubro, terá uma programação repleta de atrações. Entre elas, destaca-se o julgamento de animais de pelagens diferenciadas, um segmento que vem crescendo continuamente dentro do universo mangalarguista.

Previsto para acontecer de forma intercalada com a disputa da classe geral, este julgamento contará com categorias específicas para equinos com pelagens raras dentro da raça, como a pampa, a alazã amarilha, a tordilha, a castanha e a preta ou zaina.

Os cavalos coloridos, como são popularmente conhecidos os equinos de pelagens diferenciadas, viveram um período de esquecimento dentro da raça Mangalarga, na qual ocorre uma expressiva predominância de alazões. No início da década passada, entretanto, teve início um processo de valorização desses animais, que, além de colorir a raça, também foi de extrema importância para o resgate de linhagens que haviam caído em desuso.

Estimulados pela excelente aceitação do mercado, muitos criadores passaram a investir na seleção específica de produtos coloridos. Essa situação, além de gerar um expressivo aprimoramento do plantel de pelagens diferenciadas, provocou o surgimento de diversos leilões e conquistou usuários por todo país. Para atender essa forte demanda, a Associação Brasileira de Criadores de Cavalos da Raça Mangalarga (ABCCRM) criou um setor específico para cuidar do fomento deste segmento, a diretoria de pelagens, atualmente comandada pela criadora Marisa Iório Corrêa da Costa, pioneira na seleção do Mangalarga pampa.

Segundo Sergio Luiz Dobarrio de Paiva, presidente da ABCCRM, a associação vem realizando nos últimos anos um intenso trabalho para aprimorar a qualidade dos produtos coloridos. “Essa ação já está dando ótimos resultados. Prova disso foi a elevada qualidade dos exemplares que passaram pela pista de julgamento da Nacional passada, comprovando que a distância entre os animais coloridos e os alazões está cada vez menor”, destaca o dirigente.

A 33ª Nacional Mangalarga contará ainda com a entrega de troféus transitórios para os grandes campeões da pelagem pampa. Além disso, a mostra abrirá espaço para os negócios do segmento com a realização do 6º Leilão Primavera. O remate, voltado principalmente à negociação de exemplares pampas, acontecerá a partir das 19h da sexta-feira 30 de setembro, no Haras Raphaela, em Porto Feliz (SP).

Segundo a ABCCRM, cerca de 600 animais deverão marcar presença nas diversas atividades que compõem a programação da 33ª Nacional Mangalarga. Originários dos principais criatórios da raça, esses animais representam a elite de um plantel de 120 mil animais, cuja presença é marcante nas cinco regiões brasileiras.

Serviço: 33ª Exposição Nacional do Cavalo Mangalarga – Haras Raphaela: Rodovia Marechal Rondon, km 146, Porto Feliz (SP) – Data: 24 de setembro a 2 de outubro – Horário: diariamente a partir das 8h da manhã – Entrada Franca – Informações: www.cavalomangalarga.com.br ou (11)3673-9400.

Fonte: http://www.portaldoagronegocio.com.br/conteudo.php?tit=33_expo_nacional_mangalarga_valoriza_cavalos_coloridos&id=62343

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here