Por que os lácteos são uma parte vital do sistema alimentar global?

cocoparisienne (CC0), Pixabay

Segundo a International Dairy Federation (IDF):

  • Para cada 100 litros de leite produzidos localmente, são gerados até 5 empregos
  • O leite é um dos alimentos mais ricos em nutrientes, contendo cálcio, proteínas e minerais entre outros componentes nutricionais relevantes
  • A produção pecuária global representa 40% do valor do rendimento agrícola mundial
  • Globalmente, cerca de 150 milhões de propriedades familiares estão envolvidas na produção leiteira
  • A produção de leite está crescendo constantemente: + 2,2% em média a cada ano, desde 2000
  • Aproximadamente um bilhão de pessoas tiram o seu sustento do setor de lácteos

Com cerca de um bilhão de pessoas vivendo em fazendas leiteiras, a atividade desempenha um papel importante na economia de várias comunidades, regiões e países em todo o mundo.

Mas, como uma das maiores indústrias agrícolas do mundo, o setor lácteo não só contribui para as economias locais, regionais e nacionais, como também desempenha um papel fundamental na sustentabilidade das comunidades rurais em todo o mundo, tanto nos países em desenvolvimento como nos desenvolvidos.

Leite e produtos lácteos são alimentos saudáveis. Sendo naturalmente ricos em nutrientes, eles atuam como boas fontes de cálcio, proteínas e outros nutrientes essenciais, como fósforo, potássio, magnésio e vitaminas A, B12 e riboflavina.

Por tudo isso, a produção leiteira é uma parte essencial do sistema alimentar global, proporcionando não só benefícios nutricionais, como também econômicos e sociais, a uma grande parcela da população mundial.

Fonte: http://www.bebamaisleite.com.br