Cana de Açúcar

Venda de insumos está aquecida no interior de São Paulo

07/08/2013

 

por Luciana Franco

A décima quarta edição da Feira de Negócios Coopercitrus Sicoob Credicitrus (Feacoop) que acontece em Bebedouro (SP), até a próxima quinta-feira (8/8) deve superar a edição anterior, que registrou negócios no valor de R$ 230 milhões. “Estamos comercializando nosso estoque de insumos com a taxa de dólar inferior à atual e apostamos na feira como a grande oportunidade para o agricultor finalizar a compra de insumos a preços competitivos”, diz Fernando Degobbi, assessor da diretoria da Cooperativa.
Na avaliação de Raul Huss de Almeida, diretor-presidente da Coopercitrus, os produtores estão mais preocupados este ano, uma vez que apesar do câmbio maior, o que favorece o setor, algumas commodities, como o açúcar, por exemplo, estão com o preço menor, “mas ainda assim eles continuam investindo”, comenta.

É o caso do cooperado Adriano Godoi, de Pirassununga (SP), que planta 500 hectares de cana e 80 de milho. Ele fechou negócios para a compra de uma máquina para cobertura de cana e insumos para o plantio da próxima safra de milho. “as condições da feira são interessantes: juros baixo e prazo”, diz Godoi.

A Coopercitrus é maior cooperativa fornecedora de insumos do Brasil e cresceu a taxas de 30% ao ano nos últimos três anos. Este ano a instituição deve crescer ainda mais. “Temos aumentado nossa base de associados, que já soma 21 mil produtores”, afirma o diretor presidente da Coopercitrus. Com isso, o faturamento da cooperativa, que somou R$ 600 milhões em 2010, deve alcançar os R$ 2 bilhões este ano.

 

Fonte: Globo Rural