Máquinas e Implementos Agrícolas

Valtra tem soluções para cana-de-açúcar que vão do plantio à colheita

07/11/2016

A Valtra, referência nacional em soluções agrícolas, oferece uma linha completa de equipamentos para o plantio de cana-de-açúcar, que se inicia no mês de novembro. A cultura é uma das principais do Brasil, líder mundial na produção e na exportação. Somente de açúcar, o volume previsto de exportação para 2019, segundo o Ministério da Agricultura, é de 32,6 milhões de toneladas. Já para o etanol, as projeções, também para 2019, apontam aumento no consumo interno (58,8 bilhões de litros) e na exportação (8,8 bilhões).

“Com a crescente demanda do mercado por produtos originados a partir da cana-de-açúcar, e sendo o Brasil o líder mundial do mercado, o rendimento das lavouras canavieiras é uma das principais metas dos empreendedores do campo. A nossa, por outro lado, é ajudá-los ao máximo a alcançar esse objetivo”, afirma Marco Antônio Gobesso, gerente de marketing de produto cana-de-açúcar da AGCO América do Sul.

Reconhecimento dos produtores rurais

O Grupo Moreno, com usinas nas cidades de Luis Antônio (SP), Monte Aprazível (SP) e Planalto (SP), produz o total de 55 mil toneladas/dia de caldo na moagem de cana-de-açúcar nas três unidades. Para manter esse volume de produção, é fundamental contar com equipamentos confiáveis, robustos e de fácil manutenção.

Tiago Moreno, da terceira geração de proprietários da empresa, ressalta a alta tecnologia empregada nos equipamentos Valtra que possui nas usinas. “Primeiramente, para ter sucesso na nossa atividade é preciso formar uma boa equipe. Depois, você vai precisar do acompanhamento de pessoas de fora – assessores e consultoria – e de novas tecnologias. É nelas que se percebe o ganho na evolução dos tratores e da colhedora Valtra. A gente investe bastante na tecnologia e ganha em inovação e no conforto dos produtos”, explicou.

A Valtra dispõe de produtos desenvolvidos para maximizar a eficiência do plantio e diminuir a mão de obra do produtor rural. De plantadoras a transbordos, o portfólio da empresa contempla todas as etapas do plantio. Abaixo, alguns dos destaques da marca para a cultura de cana-de-açúcar:

Colhedora com Kit Mudas para plantio

A colhedora BE 1035e é de alta performance, econômica e foi desenvolvida com um motor ajustado para ter baixo consumo de combustível, baixa emissão de poluentes e, ainda, maior vida útil. Especificamente para o plantio de cana-de-açúcar, seu uso é acompanhado pelo Kit Mudas, que possibilita transformar o equipamento para colheita de mudas ou colheita industrial através de fácil substituição. O Kit Mudas é um sistema patenteado, em que todos os pontos de contato da cana com o equipamento

são protegidos por borracha, minimizando o atrito e aumentando a proteção às gemas. Na prática, isso significa que ela oferece vantagens importantes, como o maior índice de germinação, trazendo uma economia excepcional no plantio e produzindo
cada vez melhor para um maior rendimento.

Plantadora

A plantadora BE 6200 apresenta soluções que contribuem para o aumento da produtividade e consequente diminuição dos custos de operação e manutenção. Realiza todas as operações do plantio (sulcação, adubação, distribuição de mudas, aplicação do fungicida, aplicação de inseticida e cobrição em duas linhas simultaneamente) e está disponível em diferentes espaçamentos.

Tratores

A Valtra possui uma linha completa de tratores para todas as fases do cultivo de cana-de-açúcar. Simples de operar, as máquinas são robustas e proporcionam alto desempenho com economia de consumo de combustível. São cinco famílias diferentes, que se adaptam às necessidades do produtor rural: Série A Geração II (66 a 96 cv), Linha BM (106 a 132 cv), Linha BH (137 a 210 cv), Linha BT (150 a 215 cv) e Série S (325 a 375 cv).

Transbordo série BE 1000
Uma ampla gama de capacidade de cargas e bitolas, que se adequam aos diversos espaçamentos de plantio.

Revisão é fundamental

Com a próxima safra chegando, a Valtra oferece condições especiais na revisão das colhedoras de cana. Para mais informações, basta que o produtor rural entre em contato com o concessionário de sua preferência.

Fonte: Agrolink