Defensivos

UPL prevê “vários lançamentos” de produtos

23/07/2018

O diretor de Marketing da UPL no Brasil, Rogério Rangel, adianta que a empresa de origem indiana prevê “vários lançamentos” de produtos para o País nos próximos dois a três anos. “Realmente, a UPL vem apresentando um crescimento global e no Brasil acima da média do mercado e a nossa expectativa é que isso continue nos próximos anos”, revelou Rangel em entrevista ao Global CropProtection.

“Isso é fruto do trabalho que estamos desenvolvendo com muito foco em atender às necessidades dos agricultores através de nossos parceiros, distribuidores, revendedores e cooperativas.A nossa expectativa para os próximos anos é continuar com esse mesmo ritmo de crescimento, porque temos investido muito em novas soluções e produtos que visam atender às necessidades dos agricultores. Desta forma, temos segurança de que nosso crescimento continuará acima da média do mercado de defensivos agrícolas no Brasil”, projeta Rangel, que possui formação em agronomia pela Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz – USP.

De acordo com ele, a UPL segue muito atenta às tendências de mercado e acompanha o crescimento e o interesse de produtores rurais em todo mundo por produtos biológicos: “Temos trabalhado fortemente no desenvolvimento de soluções que atendam esse mercado a nível global, focando em soluções específicas para cada região de atuação, como o Brasil. Conseguimos fazer um desenvolvimento global adaptado às necessidades locais dos principais países, e trabalhando em conjunto com várias instituições que desenvolvem soluções biológicas”.

Grande parte das novidades projetadas pela UPL no Brasil são de produtos genéricos (pós-patente), e para isso afirma que trabalha alinhada com as políticas governamentais locais e atende perfeitamente ou integralmente todas as exigências feitas para o registro de produtos. “Reconhecemos que o Brasil tem uma legislação bastante avançada nesse ponto e, para atender essa legislação, trabalhamos com uma equipe dedicada ao cumprimento das demandas governamentais”, ressalta Rangel.

“Com isso, conseguimos estar dentre as empresas que mais conseguiram novos registros no Brasil nos últimos anos. Para garantir o crescimento nesse mercado, a nossa estratégia com produtos pós-patente tem sido buscar novas formulações com a combinação de produtos e de ingredientes ativos já disponíveis, criando produtos únicos no mercado. A UPL tem obtido muito sucesso com essa tática, criando produtos diferenciados para atender as necessidades do produtor brasileiro. Eu destaco o inseticida Sperto (Acetamiprid + Bifentrina), que foi lançado no final do ano passado, com uma mistura de dois ingredientes ativos e com alta eficiência no controle de pragas sugadoras em cinco cultivos de cinco culturas diferentes no Brasil”, conclui.

Fonte: Agrolink