Trigo do Paraná piora sensivelmente

27/07/2017

O plantio de trigo no Paraná continua em 99% (faltando plantar pouco menos de 10 mil hectares), mas a condição das lavouras se deteriorou bastante. A informação é do relatório sobre a situação das plantações divulgado nesta quinta-feira (27.07) pelo Deral-PR (Departamento de Economia Rural).

A quantidade de lavouras em estado “bom/excelente” caiu para 66%, uma queda de nada menos que 16 pontos percentuais na comparação com os 82% da semana passada. Há também 26% de plantações em condição “média” e ainda 8% em situação “ruim”.

As fases em que se encontram as lavouras neste momento são: 2% em germinação, 42% em desenvolvimento vegetativo (para estas duas o frio foi benéfico); 30% em floração, 25% em frutificação e 1% em maturação.

“Para estas três [últimas] fases as geadas foram prejudiciais. Resta ver exatamente a extensão dos danos, tanto em volume quanto em qualidade. Até o momento, cerca de 5% foi comercializado. Por enquanto a nova estimativa de produção da safra paranaense para 2017/18 caiu para 2,8 milhões de toneladas (MT), contra estimativa anterior de 3,14 MT e uma produção de 3,44 MT na safra passada”, comenta o analista sênior da Consultoria Trigo & Farinhas, Luiz Carlos Pacheco.

Fonte: Agrolink