Soja

TO: colheita de soja atrasada prejudica economia

07/05/2018

O atraso na colheita de soja causou prejuízos nos resultados dos primeiros três meses de 2018 no estado, segundo a Federação da Indústria do Tocantins (Fieto). O ciclo de chuvas começou e terminou mais tarde na região e por isso as propriedades só começaram a colheita do grão em abril.

O efeito mais expressivo é na balança comercial, que é a diferença entre o que o estado vende e o que compra no exterior. A queda foi de 29% com relação ao mesmo período de 2017. Já sobre as exportações, o impacto foi uma diminuição de 11%. A expectativa é que os valores sejam recuperados no segundo trimestre, já que apesar de tardio o período chuvoso foi regular.

Até o fim de março, o Tocantins exportou quase US$ 105 milhões e importou quase US$ 62 milhões. Enquanto os produtos básicos, como soja e carne, seguem sendo os mais produzidos e vendidos pelo estado, os mais comprados no exterior são os industrializados, como o óleo diesel.

Fonte: Agrolink