Defensivos

Syngenta fará três novas fábricas no País com US$ 100 milhões

São Paulo – Com planos de abocanhar uma participação maior no mercado brasileiro de defensivos agrícolas, a multinacional suíça Syngenta, que prevê crescer acima de 10% este ano, irá lançar nos próximos cinco anos 32 novos produtos no País. Além disso, a empresa, que também atua no setor de sementes para soja, milho, frutas e verduras, já estuda lançar cultivares para girassol, algodão, e cana-de- açúcar, que estavam em teste em usinas sucroalcooleiras desde 2008. A empresa também prevê investir US$ 100 milhões em 3 fábricas no Brasil até 2013. Em 2010, a empresa faturou US$ 1,6 bilhão no País, o que representa 14% do total global obtido pela Syngenta. Isso deixa o Brasil como o seu principal mercado mundial. Segundo o diretor geral da companhia no País, Laércio Giampani, o foco nos próximos anos é ampliar a distancia entre a empresa e as concorrentes no mercado nacional. “Em 2010 vimos uma liderança ainda maior para a Syngenta. Temos 20,9% de participação no mercado brasileiro”, disse Giampani. “A estratégia é crescer acima do mercado, e estamos conseguindo”, contou. O executivo afirmou ainda que o otimismo para este ano é baseado na produtividade excepcional aguardada pelos produtores, nas colheitas recordes, e na maior rentabilidade do agricultor.DCI

Fonte: http://www.sindag.com.br/noticia.php?News_ID=2170