Suinos

Suinocultor perde poder de compra

As baixas registradas nos últimos dias no preço do suíno vivo em São Paulo provocam uma perda considerável ao produtor de suínos em relação ao poder de troca com o milho.

Suinocultor perde poder de compra

As baixas registradas nos últimos dias no preço do suíno vivo em São Paulo provocam uma perda considerável ao produtor de suínos em relação ao poder de troca com o milho. O grão representa em média 65% na composição do custo de produção na ração animal.

O presidente da APCS, Ferreira Júnior afirma que os criadores de suínos estão perdendo a cada quilo de suíno vivo vendido deixam de comprar 2 quilos de milho, comparando os períodos de agosto com dezembro de 2010. É preocupante afirma o presidente “nunca época em que o setor esperava capitalizar lucros para passar o primeiro trimestre de 2011, na verdade o que ocorre é uma perda sensível na lucratividade do setor”. Outro dado alarmante é quando comparamos os segmentos das carnes. No histórico o preço do suíno é 70% do preço do boi. Boi cotado em R$ 103,00/@, ou seja, deveríamos estar vendendo o suíno em R$ 72,00/@. Em relação ao frango, seu preço histórico é em torno de 55% do preço do suíno. Cotação do suíno hoje R$ 3,39/Kg, sendo assim, o frango seria R$ 1,86/Kg, hoje cotado a R$ 2,10/Kg vivo.

“Resumo da ópera: quem paga mais uma vez a conta são os produtores de suínos. Até quando?” Desabafa o presidente da APCS.

Fonte: http://www.suinoculturaindustrial.com.br