Variedades

SOJA: Novas variedades de soja são lançadas

Os produtores rurais contam com mais 24 novas variedades de soja. Destas, 21 são da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e três da Syngenta. Das 21 novas cultivares da Embrapa, sete são transgênicas. A principal característica dos lançamentos da Syngenta é a precocidade, o que permite ao agricultor aumentar a rentabilidade da propriedade acelerando a colheita e viabilizar com mais facilidade e tempo, o plantio milho safrinha. Todas as entidades de pesquisa do Brasil investem em estudo para novas cultivares de soja.No caso dos lançamentos da Embrapa, as principais características são o alto potencial de rendimento e resistência às principais doenças. Um dos destaques é para a BRS 282, que é filha da Embrapa 48, uma das cultivares que mais fez sucesso entre os produtores brasileiros. Já a BRS 282 alia a alta capacidade produtiva à resistência aos nematóides de galha.A Embrapa aproveita o início de 2008 para mostrar variedades com sabor mais suave. As duas novidades com esta característica são a BRS 258 e a BRS 257.

Além disso, a BRS 257 é isenta das três enzimas lipoxigenases, grandes responsáveis pelo sabor de feijão cru, observado na soja, quando processada inadequadamente.Já a Syngenta oferece a NK 7074 RR, desenvolvida especialmente para atender a demanda da região Centro­Oeste, São Paulo e Minas Gerais. Além desta, há também a VMax RR e Spring RR indicadas para o plantio o Mato Grosso do Sul e na região Sul do Brasil. Esses novos produtos representam a primeira geração de sementes da Syngenta a incorporar a tecnologia RR (Roundup Ready), que confere à planta resistência a um dos principais defensivos da soja, o glifosato. As novas sementes são o resultado de 10 anos de investimentos em pesquisa e uma aposta da Syngenta no mercado de soja, que tem experimentado forte crescimento.

De acordo com dados da Food and Agricultural Policy Research Institute, em 2006 foi registrado o cultivo de 21 milhões de hectares. Já em 2007 esse número pulou para 22 milhões e a expectativa para 2012 é ampliar essa área para 29 milhões de hectares. O diretor de marketing da Syngenta Seeds, Alexandre Develey, revela que para aumentar a participação nesse mercado, a empresa investirá nos próximos quatro anos, cerca de R$ 46 milhões em pesquisa e desenvolvimento para entregar ao mercado produtos que aliem maior produtividade com maior tolerância a doenças e menor custo de produção.

Fonte: A Gazeta – MT-MT

http://www.peabirus.com.br/redes/form/post?topico_id=8631