Soja

Soja Livre: Cultivares convencionais apresentam bons resultados

Até o momento a equipe do Programa Soja Livre já visitou as cincos Unidades Demonstrativas (UD’s) da região Oeste. “As Unidades Demonstrativas visitadas apresentam resultados excelentes, prometendo grande produtividade para próxima safra”, afirma o coordenador do programa Clóvis Albuquerque. As visitas fazem parte do segundo tour técnico do programa, que ocorre de 6 a 16 de dezembro. As visitas tem o objetivo de avaliar as cultivares de soja não geneticamente modificadas da Embrapa para verificar o potencial de desenvolvimento vegetativo dos materiais.

Durante o tour também estão sendo realizadas palestras para divulgar os resultados gerais apresentados pelas cultivares nas UD’s do Programa Soja Livre. A ideia é investir em transferência de tecnologia e em comunicação para divulgar novas cultivares e aprimorar a oferta de sementes e tecnologias não transgênicas, agregando mais valor a toda a cadeia produtiva.

Na terça (06) a palestra ocorreu em Campo Novo do Parecis com 29 participantes. Nesta quinta (08) a palestra será em Sorriso e na sexta em Nova Mutum, ambas às 19h30, no Sindicato Rural do município. Na próxima semana é a vez da região Leste receber a visita da equipe do Programa Soja Livre.

O Soja Livre oferece mais de 15 cultivares de soja convencional para que o produtor tenha opções no momento de fazer a escolha.

O Programa Soja Livre é uma parceria da Aprosoja, Associação Brasileira de Produtores de Grãos Não Geneticamente Modificados (Abrange), Embrapa, Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e Governo Federal com apoio da Fundação Rio Verde e Aprosmat. Patrocinam o programa a Fundação Triângulo, Epamig, Fundação Cerrados, Fundação BA, CTPA, Emater, Amaggi, Caramuru, Imcopa e o mais novo parceiro do programa, a empresa FMC.

Fonte: Aprosoja

http://www.agromundo.com.br/?p=23311