Soja

Soja: Com nervosismo do financeiro e alta aversão ao risco, mercado tem manhã de forte baixa nesta 2ª

Publicado em 06/07/2015

O mercado internacional de grãos, liderado pela soja, iniciou a semana pós feriado nos EUA operando com significativa baixa na Bolsa de Chicago. Os futuros da oleaginosa, por volta das 7h30 (horário de Brasília), perdiam mais de 19 pontos entre os principais vencimentos, com o contrato novembro/15 cotado a US$ 10,10 por bushel.

As demais – entre as principais – commodities trabalham em campo negativo nesta manhã de segunda-feira (6) já mostrando os investidores se protegendo e partindo para ativos mais seguros dianta do nervosismo no mercado financeiro após o referendo na Grécia que resultou na não aceitação das novas condições dos credores para o pagamento das dívidas.

Segundo explicaram especialistas ao site InfoMoney, a reação inicial de todos os mercados é negativa, o euro já recua expressivamente frente ao dólar, bem como os principais índices acionários americanos. No Brasil, o impacto será medido com a abertura do Ibovespa, às 9h (horário de Brasília).

Leia mais:

>> Grécia: Referendo resulta em não aceitação das regras dos credores e mercados já reagem mal pelo mundo

Paralelamente, há ainda o acompanhamento do clima nos EUA e a espera pelo novo boletim semanal de acompanhamento de safras que o USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) divulga depois do encerramento do pregão em Chicago, às 17h. A expectativa para essa semana é de mais chuvas e, no último final de semana, as precipitações foram mais esparsas. Nas última seis horas, chuvas de 12,7 a 25,4 mm nos principais estados do Meio-Oeste.

Fonte: Notícias Agrícolas