Notícias

Sistema OCB e Embrapa capacitam técnicos de cooperativas

Brasília (25/3) – Começou hoje, em Brasília, o primeiro módulo da capacitação de multiplicadores em cereais de inverno, fruto do convênio firmado entre Sistema OCB e Embrapa. O evento ocorre até sexta-feira (27/3), na sede da Embrapa Trigo, localizada em Passo Fundo (RS). No total, 21 coordenadores técnicos de diversas cooperativas oriundas de cinco estados estão sendo treinados sobre “fundamentos de agricultura conservacionista e fertilidade de solo”.

Esta é uma iniciativa concreta do acordo de cooperação técnica, cujo objetivo é implementar ações conjuntas, visando à formação de multiplicadores de conhecimento sobre inovações tecnológicas, e que estejam vinculados às cooperativas do Ramo Agropecuário.

O Departamento de Transferência de Tecnologia (DTT) é o responsável pela parceria na Embrapa, em conjunto com a Embrapa Trigo, e, juntas respondem pelo conteúdo tecnológico oferecido ao longo de todo o processo de capacitação dos técnicos das cooperativas.

METODOLOGIA – Os módulos terão aulas expositivas teóricas combinadas com práticas em laboratórios, campos experimentais e propriedades rurais. Cada tema abordará prioritariamente cereais de inverno (trigo, cevada, triticale, centeio e aveia) e, transversalmente, canola, soja, milho e feijão. Neste primeiro módulo, por exemplo, os participantes visitarão duas propriedades, em distintas localidades, onde é realizado o manejo conservacionista.

A capacitação dos técnicos das cooperativas está estruturada em sete módulos, que serão ministrados de março até dezembro de 2015:

– Fundamentos de agricultura conservacionista e fertilidade de solo, que é o tema deste primeiro módulo;
– Colheita e pós-colheita;
– Implantação e manejo de cultivos anuais produtores de grãos;
– Integração lavoura-pecuária-floresta e Cadastro Ambiental Rural;
– Proteção de plantas: doenças de cereais de inverno;
– Controle de plantas daninhas;
– Manejo integrado de pragas e doenças de culturas de verão: tecnologia de aplicação.

EXPECTATIVA – Há uma grande expectativa da OCB e do Sescoop quanto aos resultados desta capacitação continuada. Segundo Paulo César Dias, da gerência técnica e econômica do Sistema OCB, “espera-se colher bons frutos desta parceria no sentido de uma atualização tecnológica dos técnicos das cooperativas e de uma melhoria efetiva nos sistemas de produção dos cereais de inverno, por meio de incorporação de conhecimentos e tecnologias validados pelas instituições de pesquisa, especialmente a Embrapa”.

Fonte: OCB