Variedades

Sistema de certificação avalia 54 variedades de soja e feijão no RS e SC

São 2 mil parcelas de pré e pós-controle da Fundação Pró-Sementes instaladas em área experimental em Coxilha (RS)

Um dos grandes diferenciais do sistema de certificação de sementes da Fundação Pró-Sementes é a utilização do modelo de pré e pós-controle. Nessa safra de verão, a Unidade Estratégica de Certificação avalia quase 2 mil parcelas de pré e pós-controle de soja e feijão.

As parcelas estão instaladas em uma área no município de Coxilha, a 20 km de Passo Fundo (RS). Cada parcela corresponde a um lote de semente do produtor. São 1.572 parcelas de soja transgênica no pré-controle, 26 de soja convencional e 25 de feijão. No pós-controle, são avaliadas 288 parcelas de soja geneticamente modificada. No total, são 44 variedades de soja e dez variedades de feijão, que correspondem a lotes de produtores de sementes de todo Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

Segundo o engenheiro-agrônomo da Fundação, Alexandre Levien, o modelo de pré e pós-controle tem como finalidade o acompanhamento do desenvolvimento das variedades. Através dele é possível avaliar se há mistura varietal ou perda da identidade genética. “Com isso, podemos saber se as características das plantas que estão se desenvolvendo nas parcelas, correspondem exatamente às características originais da variedade”, frisa.

O biólogo Renan Canzi Comin explica que o sistema de pré e pós-controle é o ponto chave do processo de certificação proposto pela Fundação Pró-Sementes. Através dele são emitidas notificações aos responsáveis técnicos dos produtores de sementes, sempre que observadas não conformidades, para que possam tomar as providências necessárias para se obter uma semente de qualidade.

O campo de semente certificada de Coxilha atende os produtores de sementes do Rio Grande do Sul e Santa Catarina. A Fundação Pró-Sementes conta com campos similares em Campo Mourão (PR), para produtores do Paraná e São Paulo e em Campo Verde (MT), para produtores do Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Bahia.

As informações são da assessoria de imprensa da Fundação Pró-Sementes.

Fonte:  http://www.agrolink.com.br/culturas/soja/noticia/sistema-de-certificacao-avalia-54-variedades-de-soja-e-feijao-no-rs-e-sc_125012.html