Cana de Açúcar

Silagem de cana é solução para período da seca

Pedro Zuazo
24/09/2010

A produção de silagem a partir da cana-de-açúcar pode ser uma boa opção para os produtores enfrentarem períodos prolongados de seca. A alternativa está sendo incentivada pela secretaria de agricultura de Alta Floresta, em Mato Grosso, onde muitos rebanhos morrem nesse período com a falta de alimento. Por apresentar alto volume de massa, a cana permite a produção de uma grande quantidade de alimentos a custo reduzido. A tecnologia será tema de um dia de campo neste sábado, dia 25, na fazenda Matrinchã, na comunidade de Santa Rita.

Além da grande quantidade de massa, a cana tem a vantagem de poder ser colhida na época do início da seca. Isso permite que o produtor plante no início da chuva e faça o corte após cerca de oito a nove meses. De acordo com o secretário de agricultura de Alta Floresta, Chico Gamba, é uma ferramenta que pode ajudar o produtor a se prevenir dos problemas gerados pelo déficit hídrico.

— Os produtores não se prepararam para essa eventual seca que estamos passando e muitos rebanhos estão morrendo. O que queremos mostrar é que essa alternativa tem um custo mais baixo, produz grande quantidade de alimentos e não precisa ser colhida na época da chuva, que é dificultada pela quantidade de barro no solo e pela presença de maritacas na lavoura — explica o secretário.

A desvantagem que a cana-de-açúcar apresenta em relação ao milho, que é normalmente utilizado para a produção de silagem, é o valor nutricional. Para que a deficiência de proteínas seja corrigida, é necessário enriquecer o alimento com ureia ou ração.

O agricultor que já produz silagem não precisa fazer adaptações na sua propriedade para produzir a silagem com cana. A única diferença será a área de plantio, que pode ser reduzida, já que a cana rende mais. Para quem ainda não produz, os equipamentos necessários são uma ensiladeira e um trator com redutor. A partir daí, basta montar uma equipe para cortar, puxar e socar o silo.

Fonte: http://www.diadecampo.com.br/