biblioteca

Setor agropecuário tem queda de receita de 0,9% em 2016

Publicado em 15/08/2016

A receita do setor agropecuário deve cair neste ano em relação a 2015, influenciada pela menor estimativa de colheita da safra de grãos. O Valor Bruto da Produção (VBP), que mede o faturamento bruto de 25 culturas “dentro da porteira” (20 agrícolas e 5 pecuárias), deve ser de R$ 540,8 bilhões, recuo de 0,9% na comparação com 2015, segundo a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA). A queda na previsão está associada principalmente à redução de produção em regiões afetadas pelo clima, tanto pela estiagem quanto pelo excesso de chuvas.

A quebra de safra influenciará diretamente o VBP da agricultura, estimado em R$ 339,9 bilhões em 2016, queda de 1,42% na comparação com o ano passado. A soja, responsável por 24,3% do faturamento agrícola, terá retração de 2,1%, alcançando R$ 126,4 bilhões. Além do atraso no plantio, que impactou negativamente a produtividade e a produção, houve redução dos preços médios neste ano em relação a 2015. O milho, que participa com 9,6% do VBP, terá alta de 13,7% na receita (R$ 51,7 bilhões), por conta das boas cotações, 40,6% superiores às do ano passado.

Para a pecuária, a projeção de receita é a mesma do ano passado, de R$ 200,8 bilhões. A carne bovina, responsável por 18,8% do VBP, terá faturamento estável em relação ao ano passado, de R$ 101,4 bilhões (-0,1%). A maior queda projetada é para os suínos, de 4,2%. Para o leite, a retração será de 1,2%. Apenas a avicultura terá alta na receita. O faturamento para o frango subirá 1,7%, por conta do aumento da produção, enquanto para os ovos a elevação estimada é de 4,6%.

Acesse a análise na íntegra: http://www.cnabrasil.org.br/boletins/boletim-vbp-estimativa-de-agosto-preve-reducao-de-09-do-vbp-da-agropecuaria-em-2016-agosto

Fonte: CNA